Charuto e peculiaridades

Um charuto, para quem não conhece sua composição, é basicamente um rolo, que pode ser produzido à mão ou em maquinário especializado, de folhas de tabaco fermentado. Pode-se dizer também que o charuto talvez seja a forma mais antiga da utilização e consumação do tabaco.

Variados são os gostos dos consumidores de charuto e alguns não se importam com a qualidade do mesmo, outros, não se importam é com o preço pago, desde que sejam charutos de alta qualidade.

Como dito, os charutos podem ser produzidos à máquina ou à mão. Os que são feitos à mão, geralmente são produtos de alta qualidade e conhecidos como Charuto Premium, tendo um custo elevado.

Os charutos Premium são produtos artesanais e que envolvem muito trabalho para a sua elaboração, tendo como um período médio estimado de três anos para a sua finalização, podendo levar até mais tempo, dependendo do seu processo e de quem o faz, considerando que esse tempo estipulado para a sua produção contaria a partir do momento do plantio do fumo até a sua venda.

Por esta questão, os valores finais de cada produto variarão, dependendo de como eles tenham sido produzidos e, consequentemente, os gostos dos consumidores pelos charutos também. Provavelmente, o poder aquisitivo determinará a marca de aquisição, já que pessoas com melhores condições financeiras tendem a não levarem em consideração o preço desses produtos e sim a sua qualidade, simplesmente para uma boa degustação.

Com relação à degustação, alguns preferem acompanhamento com comidas e bebidas. Fumar um bom charuto na presença de amigos também pode ser uma boa opção, mas outros preferem saboreá-los sozinhos, calmamente, em lugares reservados e particulares, para relaxar e descansar.

Cada um tem o seu modo de degustar o seu charuto, e também de fazer a sua iniciação, de acendê-lo, de cortá-lo e até mesmo de apagá-lo.

O gosto dos consumidores de charutos provavelmente se deu primeiramente em questão à saúde. Muitos adeptos aos cigarros migraram para os charutos, pensando basicamente na saúde e talvez, no status que o mesmo proporciona.

A variedade e a quantidade de adeptos ao fumo de charuto, levaram aos fabricantes a criar novas alternativas, como os aromáticos. Por exemplo: aroma e sabor de chocolate.

charuto e peculiaridades  (3).jpgAs mulheres tendem a gostar mais de charutos suaves, e alguns são feitos buscando isso, pois aqueles que são mais cumpridos queimam de forma mais lenta e suave, diferentemente dos menores, que queimam mais rapidamente e com muito mais calor.

Os charutos se diferem em grande parte de acordo com a potência, quando fumados. As folhas do tabaco são variadas, sendo umas mais fortes que outras, sendo assim, é a mistura que determinará a sua potência. Em Cuba, por exemplo, eles são divididos em cinco graus: suave, meio-suave, médio, meio-forte e forte.

Os charutos Habanos são feitos em Cuba, mas nem todo produzido lá é Habano e essa é uma denominação de origem da fabricação. Há alguns charutos puros produzidos no país, conhecidos como tabacos. Um charuto puro pode ter sido fabricado em qualquer lugar do mundo.

Os Habanos são considerados os melhores. O tabaco negro tem caraterísticas próprias de sabor, potência e aroma que não podem ser reproduzidos em outras localidades, por questão de solo e clima, fatores estes determinantes para que a folha de tabaco apresente os melhores resultados a nível mundial. Quem fuma um charuto de Cuba, sabe que o sabor é inigualável. Se você procura sabor, aroma e potência, você encontra nos charutos cubanos.

charuto e peculiaridades  (4).jpg

Para você analisar a qualidade do charuto, deve primeiro observar sua aparência, sua montagem… A folha que envolve o charuto deve ter brilho, isenta de falhas e extremamente suave. Os cortes das extremidades devem

estar perfeitos. Sua textura deve ser de cortiça e não deve apresentar nós, pois dessa maneira o fogo se propaga melhor.

Outros lugares que também produzem um bom charuto além de Cuba são: República Dominicana, Brasil (Bahia), Honduras, México, Jamaica e Nicarágua. Esses são os principais e você pode observar que todos estão nas Américas, já que a folha de tabaco precisa de condições de umidade especiais, encontradas especialmente em parte do continente.

Um charuto considerado de boa qualidade pode, no entanto, não estar bom. Isso acontece devido a um problema de fermentação com as folhas de tabaco, que por acaso não eliminaram impurezas e partes ruins. Pode também estar mal montado, cheio de nós, o que impede que o ato de fumar seja adequado.

charuto e peculiaridades  (2).jpg

Diferente do cigarro, a folha de tabaco que compõe o charuto é natural e fermentada, eliminando impurezas. Além disso, ao fumá-lo, você não deve tragar a fumaça para não afetar os pulmões. O cigarro é composto de muitos itens prejudiciais, como nicotina, alcatrão e elementos artificiais e está intimamente ligado ao estresse. Por outro lado, o charuto está associado a paz, tranquilidade, a conversas, a um bom licor e é fumado sem pressa.

Hoje, os Estados Unidos é o país com maior índice de consumidores de charutos do mundo e, cerca de 10% das mulheres representam os aficionados por esta arte. Algumas empresas, norte americanas, estão fascinadas pelas mulheres que degustam charutos, por conta do valor agregado que essas consumidoras trazem.

Publicado por

nemrudenemdelicada

Revista virtual para mulheres nem rudes, nem delicadas, que querem ler sobre assuntos diversos sem estar preso em um site definido para homens ou mulheres. Um canal de informação sem gênero.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: