Engenharia

Vivemos em um mundo globalizado, onde as possibilidades que a tecnologia produz precisam ser implantadas com doses de urgência todos os dias para acompanhar novas demandas.

Os setores diversos da Engenharia possibilitam um contato multifacetado com as necessidades da sociedade.

Essas possibilidades despontam em um mercado de trabalho concorrido, que tem favorecido profissionais especializados com capacitação nos setores diversos da Engenharia, que contemplam uma vasta gama de oportunidades. Existe mais de 30 tipos de engenharias, cada qual contemplando uma área especifica e é justo supor que dentro dos setores diversos da Engenharia, a única coisa que elas têm em comum é, além de pertencer para área de ciências exatas, serem caracterizadas pela possibilidade de criar, de produzir novas coisas com apoio da tecnologia.

Especialização: o contexto dos setores diversos da Engenharia na academia

engenharia 2.jpg

A demanda acadêmica dos setores diversos da Engenharia tem se mostrado crescente na década que vivemos. Esse crescimento deve-se em partes pelas novas possibilidades de incentivo, através de financiamentos e bolsas de estudo que possibilitam que, cada vez mais brasileiros possam escolher uma área de atuação com mais garantias. Estudos apontam que de 2010 a 2015, a busca por engenharias cresceu mais de 100% em instituições privadas, e 28% nas públicas.

Essa demanda emergente de cursos de engenharia pode ser compreendida por várias teorias e uma delas é o fato de haver cada dia mais necessidade de inserção tecnologia nos mais diversos setores, agremiando as demandas da globalização. Os setores diversos da Engenharia permitem que cada vez mais profissionais estejam aptos para a entrada num mercado de trabalho que tem crescido gradualmente.

O perfil da matriz curricular dos cursos de engenharia, no geral, oferece muitas possibilidades e da mesma forma, exige muito dos estudantes. Os conteúdos complexos e vastos exigem muita dedicação, tanto no estudo individual, quanto através do contato com aulas laboratoriais e de campo. A carga horária geralmente é disposta de acordo com o perfil institucional, sendo muito comum que em universidades privadas o horário abrace turnos limitados a necessidade dos estudantes que trabalham para arcar com as mensalidades. Já as universidades públicas, geralmente promovem horários integralizados de acordo com as demandas acadêmicas.

Além disso, se tratando dos setores diversos da Engenharia é essencial se atentar ao fato de que existem muitas áreas de atuação e da mesma forma, muitos tipos de cursos, sendo que podemos citar a Engenharia Aeronáutica, Engenharia Ambiental, Engenharia Cartográfica, Engenharia da Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia de Alimentos, Engenharia Industrial, Engenharia Florestal, dentre tantas outras.

Perfil dos estudantes e profissionais dos setores diversos da Engenharia

Premissa básica para qualquer setor, o perfil de cada estudante e profissional vai se desenvolver de acordo com a especialidade a que ele estiver inserido. Via de regra, além da área multifacetada, a diversidade das pessoas que buscam capacitação nesse setor é ilimitada, são pessoas de diversas etnias, gênero, classe social e faixa etária.

Por muito tempo, independente da amplitude dos setores diversos da Engenharia, essa era uma área com perfil predominante masculino. Hoje, embora em algumas áreas ainda haja maior percentual de homens estudando, cada vez mais mulheres tem procurado estudar e atua nessas áreas. Esse desnivelamento deve-se principalmente pelo fato de por muito tempo as ciências tecnológicas terem sido consideradas trabalho masculino. Mas os dias atuais através de manifestações diversas tem conseguido aos poucos contornar esses preconceitos, dando espaço para inserção de qualquer pessoa nessa área, independente do gênero.

Além disso, o perfil do profissional da Engenharia no mercado de trabalho é voltado para habilidade e lógicas, ou seja, o raciocínio matemático se sobressai no perfil desse profissional. Também é essencial que o profissional saiba elaborar a ideia para além do projeto, promovendo eficiência e resultados previamente calculados.

Outro aspecto relegado a perfil do estudante ou profissional dessa área é a liderança de equipe, isso porque, cabe ao engenheiro propor uma metodologia para o andamento do projeto que ele produzir, assim, é essencial ter uma ampla visibilidade para saber como iniciar e quais estratégias precisam ser realizadas pela equipe.

Investimentos nos setores diversos da Engenharia

Se tratando de Engenharia, podemos dizer que essa área é considerada precursora do desenvolvimento tecnológico. As profissões dessa área são indispensáveis para ampliação das cidades, porque pode fomentar melhorias estruturais fundamentais para melhorar a qualidade de serviços prestados a sociedade.

Portanto, é um setor que sempre vai ser fundamental para a ampliação da infraestrutura de qualquer espaço, levando em consideração que a tendência de qualquer setor é expandir as demandas gradualmente, portanto é uma área que vale a pena por ter um mercado de trabalho estável e constantemente inovado. O piso salarial na área de Engenharias pode variar a partir de 4600,00 a 15100,00, de acordo com a respectiva área de atuação de cada profissional.

 

 

Publicado por

nemrudenemdelicada

Revista virtual para mulheres nem rudes, nem delicadas, que querem ler sobre assuntos diversos sem estar preso em um site definido para homens ou mulheres. Um canal de informação sem gênero.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: