CAFÉ … FORÇA E VIGOR

Apaixonados por café…

Sim. Além do futebol, o café também é uma paixão nacional. Estudos indicam que o Brasil será, em breve, o maior consumidor mundial dessa bebida.  Diz uma lenda, que um pastor chamado Kaldi, contava que suas ovelhas ficavam mais resistentes e ativas após comer essa frutinha avermelhada, o nosso café, dos arbustos encontrados no pasto.

A planta de café é originária da Etiópia, centro da África, onde ainda hoje faz parte da vegetação natural. E foi a Arábia a responsável pela propagação da cultura do café. O nome café não é originário da Kaffa, local de origem da planta, e sim, da palavra árabe Qahwa, que significa vinho. Por esse motivo, o café era conhecido como “vinho da Arábia” quando chegou à Europa no século XIV.

citadel-hill-2973

Segundo dados da Organização Internacional do Café (OIC), o Brasil é o maior exportador mundial do grão tipo arábica, e possui grande relevância na composição dos estoques e formação de preços no exterior.

O café é como o “ouro negro” – O café, era assim chamado, por representar um de nossos principais produtos de exportação desde a primeira metade do século XIX.

No dia 24 de maio, comemora-se o Dia Nacional do Café, que foi instituído por sugestão da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC).

Cheiroso e delicioso, o café é fundamental na vida de muitas pessoas, dando força e vigor para começar o dia e adoçando as pausas do estresse no meio do dia.

Como gosto de meu café?

Para os amantes dessa bebida, não faltam opções de sabores e maneiras de preparo como:  expresso, cappuccino, puro, com leite, com creme, pingado, adoçado ou não, quente ou gelado, do tipo arábica ou robusta, em cápsulas, em pó instantâneo, frutado, achocolatado, cítrico, amendoado e tantos aromas, e o melhor que não podemos esquecer, o café tradicional feito em casa no velho coador de pano.

Não há lugar ou hora para o famoso cafezinho. Ele cai bem em casa, no escritório, na padaria da esquina, ou na cafeteria, aonde encontra-se a versão gourmet, preparado por um barista. Isso sem contar na sua utilização em diversas receitas doces e salgadas.

Crie, ouse e se apaixone ainda mais pelo café nosso de cada dia!

São tantas variações que fica até difícil a escolha pelo mais saboroso.

Diferenças entre os cafés mais conhecidos

  • Café Mocha: normalmente são preparados com 1/3 de café expresso, 1/3 de chocolate quente e mais 1/3 de leite aquecido, podendo haver variações.
  • Expresso: preparado em uma máquina, cuja concentração de óleos aromáticos é mais intensa.
  • Espresso Macchiato: café expresso apenas “marcado” com um pouco de leite.
  • Espresso Ristretto: café expresso preparado com metade da quantidade de água, ficando assim, mais denso e forte.
  • Frappuccino: trata-se de uma mistura de iogurte, café e chocolate, servido bem gelado.
  • Blend: mistura de grãos diferentes de café. O blend pode ser elaborado com cafés crus ou torrados.
  • Café aromatizado ou flavorizado: trata-se de café com adição de aroma.
  • Café filtrado: preparado em filtro de papel, mais suave que o expresso, por ter uma extração de óleos aromáticos menor.
  • Café gourmet: de alta qualidade, excelentes e exclusivos. Certificado pela ABIC.
  • Café superior: de boa qualidade, tem um maior valor agregado. Certificado pela ABIC.
  • Cafés especiais: são cafés de alta qualidade que cumpre uma série de requisitos para ser classificado como tal.
  • Café tradicional: aquele que tomamos no dia a dia com qualidade recomendável e custo acessível.

Dicas:

  • Os cafés mais finos apresentam sabor adocicado.
  • O tamanho da xícara influencia no sabor do café.
  • O néctar do café está nos primeiros 30 ml.

vintage-1216720_1920

Você acha que o café só tem cafeína?

A maioria das pessoas ignora quais são as substâncias presentes no café. O café contém uma grande variedade de macro e micronutrientes, é uma da bebida natural, saudável, e uma das mais populares do mundo, valendo a pena considerar a contribuição de seus nutrientes à nossa dieta e bem-estar.

Benefícios do café

Tomar café pode ter ficado ainda mais gostoso, segundo a publicação na revista New England Journal of Medicine, uma das mais importantes publicações científicas do mundo, que fez o maior estudo avaliando a relação entre consumo de café e a saúde humana.

Pesquisas mostram que o consumo de café pode estar inversamente relacionado à mortalidade total (quando ajustado pelos outros fatores de risco). Além disso, os tomadores de café também apresentaram menor mortalidade por causas cardíacas, doenças respiratórias, acidente vascular cerebral, causas externas, diabetes e doenças infecciosas.

Portanto, consumir café diariamente, sem exageros é claro, é um hábito saudável, trazendo vários benefícios para saúde. A possível explicação para esses resultados é que, além de cafeína, o café também contém centenas de compostos únicos e com propriedades antioxidantes que podem conferir benefícios à saúde.

Curiosidades

As primeiras cafeterias

Conhecidas como Kaveh Kanes, as primeiras cafeterias surgiram na cidade de Meca na Arábia Saudita. Cidades como esta eram verdadeiros centros religiosos, onde a população orava e meditava. Como a religião muçulmana proibia o consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica, os Kaveh Kanes acabaram por se tornar lugares para se passar o tempo conversando, ouvindo música e saboreando os cafezinhos à tarde. Não demorou para que a bebida conquistasse a Constantinopla, a Síria e demais regiões próximas.

Por seu luxo e acomodações suntuosas, as cafeterias foram ficando cada vez mais famosas no Oriente. E os comerciantes começaram a frequentá-las como espaço para reuniões de negócios ou a lazer.

coffee-66850

Mulheres Cafeicultoras

Em Minas Gerais, um grupo de cafeicultoras se encontram para trocar informações sobre a arte da cafeicultura e também, sobre as virtudes de se viver no campo. Aproveitam também para comemorar as premiações recebidas e se preparar para as próximas safras. Mulheres, nem rudes nem delicadas, que cuidam dos filhos, organizam melhorias para a comunidade e inda cuidam de si mesmas.

Em época de safra se torna terrereira, que com sua delicadeza natural, extrai um sabor muito especial do café. Assim nasceu a IWCA Mantiqueira, uma associação, aonde elas se especializam em extrair os melhores sabores do café, adquirem novos conhecimentos, aprendem línguas estrangeiras, fazem reuniões e encontros para entenderem sobre o meio ambiente e a sustentabilidade. Assim é a IWCA Brasil, composta de mulheres guerreiras, simples, alegres e trabalhadoras, que acreditam na força da união, que não se deixam intimidar por limites nem pelas dificuldades.

“Cuidamos de nossos cafezais como mães que fecundaram sementes, gestamos lindos arbustos e damos à luz lindos grãos de café. ”

Leticia Seda

Fontes:

www.cafépoint.com.br

ABIC e revista cafeicultura

Publicado por

nemrudenemdelicada

Revista virtual para mulheres nem rudes, nem delicadas, que querem ler sobre assuntos diversos sem estar preso em um site definido para homens ou mulheres. Um canal de informação sem gênero.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: