O CAMINHO DE SANTIAGO E O EXERCÍCIO DA PACIÊNCIA

france-2451836

O que é o Caminho de Santiago?

Os Caminhos de Santiago são os percursos percorridos por peregrinos que vão em direção a Santiago de Compostela, desde o século dezenove, para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo sepulcro deve se encontrar na catedral de Santiago de Compostela.

Na Europa Medieval, essa peregrinação foi uma das mais concorridas, só sendo superada pela Via Francigena, que era uma peregrinação com destino a RomaJerusalém.

Por um tempo esquecida, nos anos de 1980 o Caminho de Santiago voltou a ganhar popularidade e cresce ano a ano substancialmente, mesmo sem motivos religiosos. O Caminho de Santiago tornou-se um itinerário espiritual e cultural de primeira ordem, que é percorrido por dezenas ou centenas de milhares de pessoas todos os anos.

Os caminhos percorridos por essa peregrinação são espalhados por toda a Europa. O Caminho de Santiago é geralmente feito a pé, mas também pode ser feito de bicicleta, a cavalo, ou até de burro.

O Caminho de Santiago é associado popularmente há séculos à Via Láctea, por supostamente indicar o caminho para Santiago de Compostela à noite. Via Láctea é um dos nomes dado ao Caminho e um dos nomes populares da galáxia em Espanha e Portugal é Caminho ou Estrada de Santiago.

Se preparando para fazer o Caminho de Santiago

  • Prepare seu corpo

Você deve ter um prepara físico, uma das coisas que você pode fazer é caminhar por uma hora todos os dias durante a preparação para fazer o Caminho de Santiago. Use, de preferência, botas que irá calçar na viagem, assim seus pés já vão se acostumando com o formato do calçado, diminuindo o provável aparecimento de bolhas que podem surgir durante a sua caminhada.

  • Faça um check-up
    Não deixe de fazer exames de rotina com seu médico, principalmente a parte cardíaca.

Caminhar por vários dias, vários quilômetros requerem que sua saúde esteja em dia.

É importante consultar um ortopedista para prováveis dor nas pernas, e não esqueça do dentista. Ninguém merece ter dor de dente no meio da viagem.

  • Se informe

Pesquise sobre tudo da viagem, em vários locais da internet e revistas, converse com pessoas que já fizeram o Caminho de Santiago. Saiba como ele surgiu, suas tradições, personagens, pontos principais do trajeto, pontos de apoio e demais dúvidas e informações.

  • Viva o essencial

Leve o mínimo possível de roupas e itens pessoais em uma mochila. É importante que a mochila seja de material leve, porque senão ela pode pesar demais, até mesmo que as roupas e itens que você precisa.

spain-2451831

Sua mochila não pode ser mais pesada que 10% do seu peso corporal.

Ressaltando que um dos principais ensinamentos do Caminho de Santiago é saber viver com o essencial.

  • Planeje com eficácia os gatos da viagem

Esqueça os gastos com a parte aérea, você pode gastar apenas mil euros para fazer o Caminho de Santiago, por 30 dias, no entanto para você isso precisará dormir em albergues municipais, fazer sua própria comida e deixar gastos não essenciais para trás.
Existem também albergues privados, o Menu do Peregrino nos restaurantes pelo Caminho e os menus do peregrino, assim você pode ficar mais confortável por 1.400 euros.

Divida o total do dinheiro a ser gasto pelo número de dias.

  • Observe seus limites e não os ultrapasse

Todos os dias há uma etapa do Caminho de Santiago que você terá de cumprir. Essas etapas têm em média vinte e dois quilômetros entre o início e o final. Entretanto, se você se sentir muito cansado ou alguma coisa lhe acontecer, pare na próxima cidade e recomece no dia seguinte.

  • Use uma bengala ou cajado

Todo o terreno do Caminho de Santiago é muito acidentado, com muitas subidas e descidas, sendo assim i cajado será muito útil durante o trajeto, ajudando em impulso na subida e auxiliando a segurar a velocidade nas descidas, prevenindo assim forçar muito os joelhos.

  • Esteja de coração aberto para conhecer novas culturas
    Você terá pessoas de todas as partes do mundo ao seu lado, com crenças, cultura e classes sociais diferentes. Todos buscam a rota de Compostela para reflexão a aprendizado. Procure aprender e observar a todos para que aprenda muitas coisas com todos que cruzarem seu caminho.

spain-2456197

  • Por alguns momentos, caminhe sozinho

Aproveite nessas horas para se observar mais, se conhecer. Longe dos ruídos do cotidiano, você pode resgatar antigas lembranças importantes que quase foram apagadas e estavam, até agora, escondidas em seu subconsciente.

  • Segure sua ansiedade
    À medida que você avança nos quilômetros do percurso, a vontade de chegar logo, aumenta. Se você não segurar a ansiedade, a etapa fica mais longa e cansativa. Um dos maiores propósitos do Caminho de Santiago é desenvolver a sua paciência.

 

Se você não se sentiu tentado a fazer do Caminho de Santiago sua meta de viagem para hoje ou o futuro, escolha outra viagem, mas estabeleça um sonho e escreva em algum lugar, isso irá motivar sua vida para o alcance de seu sonho.

Fontes: G1 / Wikipédia

Uma refeição saudável e rápida SALADA NO POTE!

Para quem quer emagrecer um levar sua salada preferida para o trabalho ou passeio, ou ser prática e ter um monte de saladas prontas na geladeira só para pegar e comer, a solução mais atual e fantástica é a SALADA NO POTE.

Essa é a grande sensação em vários lugares nesse mundo em que ninguém tem muito tempo, mas muitos querem uma alimentação menos calórica e mais saudável.

Porque usar potes de vidro para armazenar refeições?

  • Por terem tampas não permitem o contato do alimento com o exterior,
  • Não possuem odor, como os potes plásticos.
  • Ajudam a controlar a quantidade a ser ingerida, evitando que se coma mais do que deve.
  • Conservam a comida por mais tempo que os outros tipos de materiais. (Você pode preparar sua salada de véspera!)

Preparação:

Para facilitar na hora de comer, o ideal que prepare a SALADA NO POTE em camadas.

Na primeira, coloque o molho, depois coloque os ingredientes mais densos, como como tomate, milho, ervilha, pepino e cenoura. No final. Devem ficar as folhas (por cima)

salada no pote.jpg

Fotos: Getty Images / Arte: Rodrigo de Oliveira Souza

Quando você coloca as folhas por cima, evita que murchem e melem ao entrar em contato com o molho, mas lembre-se de dar uma misturada na hora de consumir.

Algumas receitas para você escolher a sua SALADA NO POTE:

  • Molho (escolha um)
  1. Duas colheres de mostarda Dijon, com suco de um limão, uma colher de chá de mel, três colheres de azeite extra virgem e tomilho a gosto.
  2. Meia xícara de azeite, nozes trituradas, suco de meio limão, meia xícara de manjericão e um alho amassado.
  3. Uma xícara de iogurte, três colheres de azeite, um limão em raspas, meia xícara de hortelã e uma cebolinha.
  • Ingredientes mais densos (esse são aqueles que vão separar o molho das folhas)
  1. Frango em tirinhas, de preferência peito), milho cozido, abacate e cenoura.
  2. Rabanete cortado em rodelas, picles ou pepino em pedaços, grão de bico e cebola roxa picada ou em rodelas.
  3. Quinua cozida, muçarela de búfala, cogumelos ou palmito, e tomates cereja.
  • Folhas (coloque por cima, finalizando o pote uma dupla de folhas que você gosta mais)
  1. Agrião com alface crespa ou chicória
  2. Folha de beterraba com alface americana ou lisa
  3. Agrião com alface americana ou radicchio

Quais os benefícios de comer salada?

  • Ela não engorda e alimenta com saúde.
  • Quando ingerida como entrada, seu organismo absorve dela toda a energia que precisa para funcionar, sendo assim, o que você come depois, que nem sempre é tão saudável, ele eliminará, pois já acumulou a energia que precisa.
  • As cores variadas trazem vitaminas e sais minerais essenciais para o perfeito funcionamento do corpo humano.
  • Por ser colorida, é agradável aos olhos e conquista até as crianças mais resistentes.
  • Você pode comer uma panela de alface sem culpa matar parte da sua fome, sem engordar uma grama sequer.

salad-2443860.jpg

Outras receitas perfeitas para uma alimentação saudável:

Pasta de ervas para ser consumida com palitos de legumes crus, como cenoura ou torrada de pão preto:

Ingredientes:

  • 200 gramas de iogurte grego ou creme de leite azedo
  • 225 gramas de cream cheese
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • Suco e raspas de meio limão siciliano
  • 1 dente de alho pequeno amassado
  • 2 colheres de sopa de salsa fresca bem picada
  • 1 colher de sopa de manjericão fresco bem picado
  • 1 colher de sopa de cerefólio ou tomilho fresco bem picado
  • 4 talos de cebolinha bem picadinhos
  • Sal e Pimenta do reino moída na hora (a gosto)

Preparação:

  • Coloque tudo no liquidificador e bata até ficar bem misturado.
  • Sirva gelada com palitinhos de legumes crus, chips de tortilhas ou de batata. Fica ótima também com aquelas Magic Toast.
  • Mantenha a pasta num recipiente de vidro com tampa na geladeira.

Dicas especiais: Você pode substituir o iogurte grego por iogurte natural ou creme de leite, misturados com três gotas de suco de limão.

RENDIMENTO: Rende a quantidade suficiente para vinte metades de batata bolinha ou de tomates cereja.

JÁ PENSOU ESSA PASTA NO TOMATE CEREJA DA SUA SALADA NO POTE?

Versão sem laticínios:

Troque o iogurte ou o creme de leite azedo por iogurte de soja. Substitua o cream cheese por um equivalente de soja. Quando usar essa versão sem leite, diminua o azeite para uma colher de sopa.

E então, deu vontade de começar a dieta, ou pelo menos provar uma dessas maravilhas? Não perca tempo, mudar sua dieta requer primeiramente mudar sua cabeça, e encarar a novidade de gostos. Comer comida saudável é uma habilidade a ser desenvolvida e praticada até se tornar rotina, então não se esqueça: comece na terça, afinal toda dieta que começa na segunda, não começa mesmo….

Fontes: Revista Exame / Livro Viva sem Alergia – Publifolha

 

A força do halterofilismo

weightlifting-2427475_1920Homens fortes e musculosos, mulheres definidas e muito, mas muito bonitas com todas as suas formas esculpidas pelo levantamento de peso (ou halterofilismo), estão por toda parte. E mesmo na atual sociedade em que amar a si próprio e fazer o que ama é um novo conceito de vida, há quem diga que mulher forte é esquisito, mas em que conceito o seu gosto se baseia? Se for apenas particular tudo bem, mas não generalize, tem lindas mulheres halterofilistas, em que nem de longe seus músculos as deixam menos femininas dos que as magérrimas modelos de passarela.

O grande problema da humanidade, e que graças a Deus vem mudando cada dia mais depressa, é a dificuldade de lidar com o diferente, o inusitado, o não formal.

Se pararmos para pensar em liberdade de expressão, nos damos conta, que usar seu corpo como quiser, usar a roupa que desejar, pintar o cabelo de azul, ou seja lá o que for, é liberdade gente! E aonde estão aquelas pessoas que lutaram tanto por isso? Cadê seus seguidores? Estão por aí e nós, aqui da Nem Rude Nem Delicada, apoiamos toda e qualquer liberdade de expressão, desde claro, que não fira a liberdade de outro.

Então vamos voltar ao halterofilismo e entender sobre esse esporte que cresce junto com uma civilização moderna e cheia de expressão.

O halterofilismo ou levantamento de peso olímpico (LPO), é um desporto no qual o objetivo é levantar a maior quantidade de peso possível, do chão até sobre a cabeça, numa barra aonde são fixados pesos.

fitness-1758629

Existem duas modalidades de competição: o arranco e o arremesso, cujo objetivo é desenvolver a potência (força rápida) e também exige técnica, flexibilidade, coordenação e equilíbrio.

No final do século XIX foram organizadas as primeiras competições e a Federação Internacional de Halterofilismo foi fundada em 1905 e instituiu as primeiras classes de peso.

Hoje em dia, o halterofilismo é usado para denominar genericamente outros desportos e treinamentos que envolvem o uso de halteres, como o fisiculturismo e a musculação.

Você sabia que o halterofilismo é o ´nico esporte que possui uma equipe de mulheres das seis nações do Conselho de Cooperação do Golfo? Que inclui a Arábia Saudita, Kuwait, Omã, Catar, Bahrein e Emirados Árabes Unidos.

Os Emirados Árabes Unidos permitiram que as mulheres praticassem o halterofilismo a partir de 2000. Em 2008, a federação do fisiculturismo foi separada do Halterofilismo.

Alguns anos depois foi suspensa a proibição do véu durante a competição, abrindo assim, as portas do esporte para as atletas muçulmanas. Uma pena que o esporte ainda tenha baixo financiamento, já que o estigma contra atletas do sexo feminino ainda é grande.

Regras básicas e fundamentos do halterofilismo

  • As competições ocorrem sobre um tablado de 4×4 metros. Quem levanta mais peso, ganha, assim como que quem deixa a barra cair, está desclassificado.
  • Todos os atletas de uma mesma categoria competem juntos até o limite de 17 competidores, quando nesse caso, são formados dois grupos.
  • Cada levantador pode realizar três tentativas no arranco e no arremesso, e toma-se como resultado oficial o maior peso levantado em cada modalidade.
  • O arranco é o ato de levantar a barra em um só movimento desde o chão até a completa extensão dos braços acima da cabeça.
  • No arremesso, a barra é levantada em dois tempos, com uma parada obrigatória na altura do peito.
  • Pegando-se então o resultado das duas modalidades, quem tiver o maior total é o vencedor da categoria.
  • No caso de empate, ganha o que é menos pesado em sua categoria.

Categorias masculinas no halterofilismo

  • Até 56kg / 62kg / 69kg / 77kg / 85kg / 94kg / 105kg e mais de 105kg

weights-817635_1920

Categorias femininas no halterofilismo

  • Até 48kg / 53kg / 58kg / 63kg / 69kg / 75kg e mais de 75kg
  • São três árbitros trabalhando na competição. Eles são encarregados em determinar se os levantamentos foram válidos ou não.
  • São válidos os levantamentos feitos com os pés alinhados e o peso relativamente estabilizado.

Esporte fascinante, é muito antigo e tem uma grande adesão tanto de homens, quanto de mulheres. O grande objetivo é superar a si mesmo e ao seu corpo e para isso treinam muitas horas durante anos, para então poder chegar a competir profissionalmente.

Reiki

Os setores de artes, moda e terapias alternativas tem sido grandes apostas de estudo e de mercado de trabalho, porque possibilitam explorar campos multifacetados e que constantemente estão em inovação. Além disso, a crise que assola o Brasil tem levado profissionais de outras áreas a buscarem novas áreas de atuação e a visibilidade que essas áreas têm recebido podem ser a chave para compreender uma possível migração de profissionais.

Continuar lendo “Reiki”

Vinhos… espumantes… um sabor a parte!

Os vinhos acertam diversos paladares e não são restritos a classe social ou gênero. Não há como se escolher um vinho pensando se é um vinho de mulher ou de homem, como muitos acreditam.

Existe uma crença de que mulheres gostam de vinho doce e isso não corresponde a uma realidade, as mulheres definitivamente não tem um paladar suave.

wine-619452

Você sabia que a história da viúva Clicquot deu origem as famosas garrafas de Champagne Veuve Clicquot?

 Contando rapidamente…

A francesa Barbe-Nicole Clicquot era casada com um promissor fabricante de vinhos e vivia sua vida confinada entre a cozinha e a sala de estar. Quando ela tinha 27 anos, seu marido morreu de uma febre tifoide. Ela então assumiu a vinícola da família com grande força e determinação. Poucos acreditavam que ela conseguiria o sucesso dos negócios sem nenhuma formação ou experiência. Seus vinhos suaves e borbulhantes caíram nas graças dos soldados estrangeiros que lutavam na França e estes, voltaram às suas terras de origem, espalhando aos quatro ventos as delícias das bebidas produzidas por Barbe-Nicole. A fama se espalhou rapidamente pela Europa, sendo assim, ela se tornou uma das mulheres mais ricas e influentes da época, fundadora do império Clicquot. A viúva morreu aos 89 anos sem jamais voltar a se casar e muitos usam até hoje, em seus negócios, suas lições em como tornar um produto o representante de sua categoria.

veuve-clicquot-champagne-sugar-baby-daddy-mundo

Voltando aos vinhos

Combinando vinhos com comidas

Não existe uma fórmula para as combinações, mas para não errar feio, procure algumas combinações básicas, como:

  • Massa com molho de tomate – Chianti / Merlot / Pinotage
  • Carnes – Tannat / Malbec / Cabernet Sauvignon
  • Frutos do mar – Sauvignon Blanc
  • Queijos – Chardonnay
  • Entradas (canapés e etc.) – Espumantes e Rosés leves.

appetizer-2802

Aprendendo um pouco sobre vinhos

Se você está iniciando no mundo dos vinhos, a dica é começar com os mais leves e os espumantes. Cada um levanta a taça que mais lhe agrada, isso é uma verdade, e para quem inicia nesse novo paladar, seguem alguns tipos preferidos das mulheres. Escolha um para iniciar ou refine o que você já conhece.

  • Malbec argentino – com várias frutas e toque doce é um vinho que combina com os mais diversos paladares.
  • Chianti – vinho tinto seco, com notas de fruta muito concentrada, é produzido com as uvas Sangiovese e Canaiolo.
  • Espumante Aurora Moscatel –super leve com aromas bem florais, excelente para quem está começando a apreciar o mundo dos vinhos. Sirva gelado.
  • Espumante Deseadoespumante argentino produzido na Patagônia, doce e com muito frescor, é uma opção extremamente agradável.
  • Salton Poética Roséespumante com uma cor incrível, com cremosidade aliada a um frescor e notas de frutas e flores.
  • Crios Torrontésvinho produzido pela Susana Balbo, uma enóloga da Argentina. A uva Torrontés é extremamente aromática e tem um ótimo frescor, definitivamente um vinho de fácil aceitação e agradável. Boa pedida para comidas leves.
  • Miolo Gamay 2016vinho tinto produzido no Brasil, é fabricado por um processo diferenciado, chamado maceração carbônica. Esse processo propicia um excelente toque de frutas e muito pouco tanino.
  • Carmenére – Aromas do campo à taça, trazendo o herbáceo de volta a vida urbana.
  • Beaujolais – um vinho que não falta nas mesas francesas, com boa acidez, é um coringa nas harmonizações. Você pode até colocar um pouquinho na sua receita culinária.
  • Cabernet Sauvignon ou um Tannat – feitos com uvas mais tânicas (sabor mais forte e te dará uma sensação de travamento na boca).

Dica: enquanto seu espumante está no freezer, deixe as taças que serão utilizadas na geladeira, sendo assim, na hora de servir, ele ficará gelado por mais tempo já que o cristal também estará gelado e o colarinho será bem menor.

wine-leaf-1720133

O importante é provar e escolher o sabor que mais combina com seu estilo e personalidade. Se você combinar a ocasião, seu humor, o embalo dos amigos, amores e diversão, o vinho escolhido será o toque pessoal da sua festa.

E se for beber sozinha ou a dois, aproveite e prove tudo o que puder até achar o ideal para cada ocasião.

 

 

 

 

 

 

 

 

Os encantos de Machu Picchu

Quando o assunto é uma viagem inesquecível para fora do país, mas sem muita burocracia, um dos primeiros lugares que deve ser considerado é Machu Picchu. Localizada no Peru, ela é também conhecida como “A cidade perdida dos Incas” e, com certeza, é um dos lugares mais incríveis do mundo. Recheado de história, o vale recebe milhares de pessoas todos os dias, que saem encantadas com a beleza e a cultura do lugar.

machu-picchu-1163480.jpg

Na hora de organizar uma viagem para Machu Picchu, deve-se levar em consideração algumas coisas. O ingresso para o parque deve ser comprado com muita antecedência, assim como a passagem de trem que leva a ele. Este é o único meio de chegar até lá, a não ser que você prefira optar por uma caminhada de quatro dias e três noites. Quanto à hotelaria, quase todos os visitantes passam as noites e ficam hospedados em Cusco, outra cidade encantadora e com uma variedade cultural imensa. Aqueles que já fizeram a viagem recomendam ficar no mínimo sete dias para poder aproveitar e conhecer todas as maravilhas arquitetônicas, feiras e lojinhas que a região oferece.

A cidade fica localizada no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude. Seu nome significa “velha montanha”, e é cheia de pirâmides que foram construídas em degraus, templos e diversas outras coisas, todas em pedra e adobe. Nos tempos antigos, animais como lhamas e alpacas eram criados lá, e hoje em dia ainda pode-se encontrar alguns durante sua viagem para Machu Picchu.

A época do ano mais indicada para uma viagem para Machu Picchu é o inverno, ou seja, entre os meses de maio e setembro, pois o clima é seco. No verão, chuvas torrenciais acontecem na maioria dos dias, o que pode afetar a visita, tendo em mente que a maioria dos passeios da região são ao ar livre.

Também é importante saber antes da sua viagem para Machu Picchu que os ingressos não são vendidos no parque. Você os encontra em Cusco, Aguas Calientes ou ainda no próprio site do governo peruano. Nele, pode-se encontrar três opções: Ingresso só para Machu Picchu, para Machu Picchu + Huayna Picchu ou ainda para Machu Picchu + Montaña.

O ingresso para Machu Picchu permite acesso somente ao parque, enquanto o de Machu Picchu + Huayna Picchu também permite acesso a trilha que leva para a montanha Huayna Picchu. A caminhada é de mais ou menos uma hora, e a chegada proporciona uma visão do alto de Machu Picchu. Todos os que fizeram a trilha a recomendam e dizem valer o esforço. Já a Montaña fica do outro lado da Huayna Picchu e exige cerca de uma hora e meia de caminhada.

Se você possui um espírito aventureiro e quer tornar a sua viagem para Machu Picchu ainda mais inesquecível, pode optar por trocar o passeio de trem que leva até a cidade pela famosa Trilha Inca. Ela leva quatro dias e deve ser agendada com muita antecedência, até antes da compra do ingresso para o parque. Indo por ela você vai ver de perto paisagens incríveis, muitas subidas, descidas, montanhas e selvas. Existe também uma outra trilha alternativa, a Trilha Salkantay. Esta leva cinco dias e é bem menos concorrida que a Trilha Inca, então pode ser agendada poucos dias antes. Vale lembrar que para fazer essas trilhas é necessário um ótimo preparo físico, pois além das dificuldades do caminho, você vai andar com uma pesada mochila nas costas.

machu-picchu-1018768.jpg

Quanto ao passeio em Machu Picchu, pode-se fazê-lo acompanhado de um guia ou por conta. Se preferir optar por um guia, você pode encontrá-los na entrada do parque, oferecendo seus serviços, mas não esqueça que as línguas usadas por eles são sempre o espanhol ou inglês e os passeios são normalmente em grupos de dez pessoas cada, mas podem ser feitos também de maneira individual. Se preferir fazer seu passeio na viagem para Machu Picchu de forma independente, pode-se encontrar em Cusco vários guias e livretos com informações sobre a cidade.

Entre os viajantes que já presenciaram, é unanimidade a resposta de que a hora mais incrível de sua viagem para Machu Picchu foi ver o nascer do sol na cidade. Por isso, se você quer ter essa experiência maravilhosa, vá dormir cedinho no dia anterior e esteja preparado para pegar o primeiro trem, que sai às cinco horas.

Lembre-se que como você vai estar em uma altitude muito maior do que está acostumado, alguns inconvenientes podem acontecer. Enjoos e tonturas são bem comuns, então se prepare bem e leve algum remédio na mochila, se achar necessário. Não se esqueça também que você vai caminhar muito, logo, um tênis confortável, água e um lanchinho são imprescindíveis.

Se você é daquele tipo que adora um souvenir, não se esqueça de carimbar seu passaporte com o carimbo especial de Machu Picchu. Ele é gratuito e pode ser encontrado na entrada do parque. Assim, você lembrará para sempre da sua incrível e marcante viagem para Machu Picchu!