5 praias paradisíacas do Brasil

Vivendo e pensando… estudando e trabalhando… assistindo e lendo… e então, comemos e dormimos e acordamos de novo. E a vida vai passando, e também as estações do ano, e também as cidades vão crescendo e a natureza se esvaindo. E quanto tempo perdemos olhando as paredes da nossa casa, do nosso trabalho e quantas vezes esquecemos de olhar o céu por aquela janela fechada por conta do ar condicionado, ou porque a vista não é das melhores?

beach-3100155

Porque não olhar pela janela e aproveitar a realidade? Por mais que a vista não seja, para seus olhos, tão bonita quanto gostaria, ainda assim sempre há alguma arte e beleza para ser vista.

E então chegam as férias…ah… as sonhadas férias! Campo ou praia? Não importa, descansar e viajar é sempre o objetivo. Mas hoje vamos falar de praias

Praias que denominamos de verdadeiros paraísos na terra, e, principalmente, no Brasil, esse Brasil que esquecemos da beleza, que encanta o mundo e que, nós, brasileiros, esquecemos de explorar.

Paraísos na terra

Escolhemos sete praias paradisíacas no Brasil para te convidar a conhecer. Praias que não se deveria morrer sem pisar os pés, sentar e observar o mar em seu movimento de ir e vir. Praias daquelas que sentamos na areia e esquecemos da vida, aonde os mais belos castelos de areia são feitos.

E o seu castelo de areia, aonde você irá construir?

1 – Taipu de Fora, Barra Grande – Bahia

Praia localizada na Península de Maraú, litoral da Bahia, Taipu de Fora tem águas cristalinas, areias brancas, coqueiros aos montes, recifes de corais e piscinas naturais. Um belo lugar para estar com a família ou num fim de semana romântico. Para curtir as piscinas naturais, o ideal é que visite a praia na época de lua nova e cheia, quando a maré abaixa e deixa os recifes mais expostos.

Taipu-Beach

Com mais de 7 km de extensão, a infraestrutura vem crescendo para se adaptar ao turismo, com restaurantes, pousadas e outros serviços. Foi considerada a sexta praia mais bela pelo guia Quatro Rodas e pela revista Viagem e Turismo.

2 – Porto de Galinhas, Ipojuca – Pernambuco

Destino predileto dos turistas brasileiros, Ipojuca fica no litoral sul de Pernambuco. A beleza de suas areias e coqueirais é uma bela escolha para curtir o sol. Suas águas são mansas e tem uma grande quantidade de piscinas naturais. Possui uma excelente infraestrutura, com uma enorme variedade de resorts e pousadas, que faz com que Porto de Galinhas seja um destino irresistível, a não ser, é claro, se pretende sossego no verão. Os passeios de jangada por suas águas cristalinas são imperdíveis, mas chegue cedo para aproveitar a maré, ou não vai conseguir ver grandes coisas ao entrar no mar.

3 – Jericoacoara – Ceará

Jericoacoara, famosa e disputada, localiza-se a 300 km de Fortaleza. Está é, sem dúvida, uma das mais belas praias do litoral cearense. Possui lagoas cristalinas e lindíssimas dunas, mar calmo para curtir e observar sentado à beira-mar. O acompanhante e o acompanhamento são a gosto do freguês. Com a família ou amigos, regado a caipirinha e camarão, quem há de resistir a esse paraíso?

custo-beneficio-jericoacoara-anderps-wikimedia

Partindo de Jericoacoara, pode-se partir em rotas para visitas às praias do Piauí e Maranhão, explorando o delta do Parnaíba e os Lençóis Maranhenses.

4 – Praia do Carro Quebrado, Barra de Santo Antônio – Alagoas

Chegamos em Alagoas, a praia do Carro Quebrado, com seu mar esverdeado, localiza-se na Barra de Santo Antônio. Essa praia é praticamente deserta e considerada uma as mais bonitas do Brasil. Seus arredores são cheios de coqueirais e falésias coloridas, na orla da praia encontra-se algumas casas de pescadores, que em épocas de maré muito alta, são abandonadas. Sem dúvida, um lugar para chamar de seu.

5 – Lopes Mendes, Ilha Grande – Rio de Janeiro

Praia-de-Lopes-Mendes.-Foto-Site-Juntos-a-Bordo.jpg

Área da chamada Serra Verde, Lopes Mendes é uma praia conhecida e muito visitada por surfistas. Localizada na Ilha Grande, é um lugar calmo e muito bom para relaxar. É impressionante os tons verdes e azuis de suas águas transparentes, o fundo de areia clara e macia. Lopes Mendes ainda surpreender os visitantes pela sua vegetação cercada de amendoeiras e abricós, que lhe dão belas sombras para fugir um pouco do sol. Como se não bastasse, no final da praia, há um lugar que deságua um riacho de água doce que vem da restinga.

E lá está você, no meio do oceano, preso numa ilha de onde não dá vontade de voltar.

6 – Praia dos Carneiros, Tamandaré – Pernambuco

06.jpg

Essa praia é um dos locais mais preservados de Pernambuco. Com 6km de extensão, a Praia do Carneiros é cada vez mais procurado por visitantes que procuram paz e tranquilidade em suas viagens. Seu mar é de um verde estonteante, sua areia branca e cheia dos nossos famosos coqueiros. Não se pode deixar de andar pela orla e conhecer a Igreja de São Benedito, uma capela construída no final do século XVII bem em frente ao mar do município de Tamandaré.

7 – Praia da Cacimba do Padre – Fernando de Noronha

Cartão postal de Fernando de Noronha, a praia da Cacimba do padre é, sem dúvida, dona do visual mais famoso da ilha. É também a praia preferida dos surfistas, já que suas ondas são consideradas umas das melhores do país, com seus tubos rápidos e perfeitos. Seu mar transparente, nem é preciso equipamento de mergulho para ver o fundo do mar, os caranguejos nas pedras e a mais bela vegetação.

Suas águas não se definem entre o azul e o verde, mas chegar a Fernando de Noronha e não andar até esse paraíso, é melhor nem pousar o avião.

E se você ainda não se convenceu que viajar pelo Brasil é uma experiência fascinante, espere até ver o que reservamos para quem não gosta de praia nos próximos artigos.

 

 

A evolução da comunicação escrita

Você já pensou como seria se a sua mensagem de texto demorasse meses para chegar até no destinatário e mais alguns meses para que você pudesse obter uma resposta? E se aquelas notícias sobre o mundo todo que você lê nos sites jamais chegassem até você? Parece muito ruim, não é?

letters-2213632

Houve um tempo na comunicação escrita que a realidade era exatamente essa. Uma simples notícia de doença na família só poderia ser comunicada aos parentes distantes por meio de uma carta, que era entregue por alguém que ia viajar para a cidade de destino da mesma. Quando os namorados apaixonados queriam se comunicar, não podiam mandar mensagens cheias de coração durante o dia todo. As palavras eram trocadas em bilhetinhos, que muitas vezes carregavam os perfumes dos amantes.

Toda essa complexidade na comunicação escrita fazia parte do dia a dia daqueles que vieram antes de nós. Toda essa facilidade que temos nos tempos atuais surgiu há muito pouco tempo. A tecnologia e a internet colocaram o mundo na palma de nossas mãos, tornando a interação humana algo muito mais fácil do que nos primórdios.

A evolução da comunicação escrita: os anos 70 e o enfraquecimento do papel

Como citamos anteriormente, a tecnologia das mensagens instantâneas e da comunicação pela tela do computador e do celular é algo muito novo.

Nos anos 60, as pessoas e até mesmo as empresas, ainda faziam uso das cartas e dos envelopes para fazer a sua comunicação. Isso era muito demorado e acabava por atrasar muitos negócios importantes.

Foi no início dos anos 70, nos Estados Unidos que surgiu a primeira plataforma de comunicação pelo computador. O aplicativo criado pelo programador Ray Tomlinson se chamava send menssage. Ele permitia a troca de mensagens entre usuários, desde que estivessem conectados no mesmo computador.

No início, o e-mail era considerado apenas um lugar para trocas de mensagens, mas que possuía muitas falhas e que não era acessível para a população em geral. Porém, com o passar do tempo e com o aprimoramento desse tipo de comunicação o correio eletrônico realmente surgiu e passou a fazer parte da vida de muitas pessoas.

A evolução da comunicação escrita: os anos 90 e a popularização na internet

A internet que nós conhecemos hoje é muito diferente daquela que as pessoas usavam nos anos 90. Porém, foi nessa época que ela começou a ser construída, e assim a comunicação escrita passou a ter a necessidade de ter plataformas de e-mail mais pessoais.

Foi um indiano que criou a primeira plataforma de e-mail gratuita. Porém, com a explosão da internet nessa época surgiram várias e várias plataformas diferentes. Os usuários começaram a aderir a elas. Porém, a procura foi tão grande que algumas vieram a comprar o direito das outras por nada menos do que 400 milhões.

ipad-820272

A evolução da comunicação escrita: a revolução do Gmail

Mesmo com todas essas plataformas de e-mail disponíveis, os usuários sentiam falta de ter mais liberdade na sua comunicação. Isso porque o envio de fotos e vídeos, por exemplo, não era possível, já que o espaço de armazenamento disponível nessas plataformas era muito pequeno.

Porém, em 2004 surgiu o Gmail. Na época ele foi revolucionário, pois oferecia 1 GB de armazenamento, enquanto outras plataformas comuns ofereciam apenas 6 Mb ou 2 Mb. Ele era tudo o que os usuários precisavam para se sentirem ainda mais à vontade na internet e abandonar quase que completamente a comunicação escrita no papel.

A evolução da comunicação escrita: o surgimento dos bate-papos.

Se nos tempos antigos os namorados utilizavam simples bilhetinhos de papel para se comunicarem, nessa época eles foram substituídos pelos bate-papos.

Eles eram febre entre os jovens da época, que os utilizavam para conhecer pessoas novas e para se comunicar com seus amigos.

Como no caso das plataformas de e-mail, existiam vários tipos de bate-papo, oferecidos por várias empresas diferentes. O usuário escolhia aquele que melhor se adaptava a ele, e passava horas conversando com pessoas que ele nem mesmo conhecia. De certa forma, esse foi um dos primeiros passos para a comunicação instantânea que temos hoje.

A evolução da comunicação escrita: a era da agilidade

É inegável que nós vivemos hoje na era em que a comunicação é mais fácil. Para chegar até a esse ponto nós passamos por uma série de coisas.

Nos tempos atuais, a comunicação acontece principalmente pelo celular. Isso é uma das maiores provas da facilidade que obtemos, já que em todos os outros momentos ter um computador era imprescindível.

Alguns acreditam que com o grande número de mensagens que trocamos por minuto a particularidade e intimidade da comunicação tem diminuído. Já outros acreditam que toda essa tecnologia que nos rodeia vem para unir e fazer com que nós tenhamos cada vez mais contato com aqueles que amamos.

O que vale na verdade é entender que sem a comunicação escrita nós não somos nada, mas que vez por outra, o contato pessoal também é imprescindível. Quando encontrarmos um ponto de equilíbrio entre esses dois eixos, com toda a certeza seremos ainda mais evoluídos e felizes.

como-fazer-envelope-de-carta-5

Mas há de se confessar que as cartas deixam saudades… Amigos de viagens que costumávamos trocar confidências pelos papéis de carta perfumados e coloridos, com seus papéis de seda, acabaram se perdendo. E fica aquela nostalgia ainda presa em nosso coração, com a sensação de que algo se foi.

Ao mesmo tempo, a internet nos proporcionou vários reencontros inimagináveis! Então, aderindo a era tecnológica, sem perder o romantismo, use a abuse dos áudios e dos bonequinhos animados nas mensagens, para que ela chegue mais perto da emoção que deseja passar na sua mensagem.

 

CAFÉ … FORÇA E VIGOR

Apaixonados por café…

Sim. Além do futebol, o café também é uma paixão nacional. Estudos indicam que o Brasil será, em breve, o maior consumidor mundial dessa bebida.  Diz uma lenda, que um pastor chamado Kaldi, contava que suas ovelhas ficavam mais resistentes e ativas após comer essa frutinha avermelhada, o nosso café, dos arbustos encontrados no pasto.

A planta de café é originária da Etiópia, centro da África, onde ainda hoje faz parte da vegetação natural. E foi a Arábia a responsável pela propagação da cultura do café. O nome café não é originário da Kaffa, local de origem da planta, e sim, da palavra árabe Qahwa, que significa vinho. Por esse motivo, o café era conhecido como “vinho da Arábia” quando chegou à Europa no século XIV.

citadel-hill-2973

Segundo dados da Organização Internacional do Café (OIC), o Brasil é o maior exportador mundial do grão tipo arábica, e possui grande relevância na composição dos estoques e formação de preços no exterior.

O café é como o “ouro negro” – O café, era assim chamado, por representar um de nossos principais produtos de exportação desde a primeira metade do século XIX.

No dia 24 de maio, comemora-se o Dia Nacional do Café, que foi instituído por sugestão da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC).

Cheiroso e delicioso, o café é fundamental na vida de muitas pessoas, dando força e vigor para começar o dia e adoçando as pausas do estresse no meio do dia.

Como gosto de meu café?

Para os amantes dessa bebida, não faltam opções de sabores e maneiras de preparo como:  expresso, cappuccino, puro, com leite, com creme, pingado, adoçado ou não, quente ou gelado, do tipo arábica ou robusta, em cápsulas, em pó instantâneo, frutado, achocolatado, cítrico, amendoado e tantos aromas, e o melhor que não podemos esquecer, o café tradicional feito em casa no velho coador de pano.

Não há lugar ou hora para o famoso cafezinho. Ele cai bem em casa, no escritório, na padaria da esquina, ou na cafeteria, aonde encontra-se a versão gourmet, preparado por um barista. Isso sem contar na sua utilização em diversas receitas doces e salgadas.

Crie, ouse e se apaixone ainda mais pelo café nosso de cada dia!

São tantas variações que fica até difícil a escolha pelo mais saboroso.

Diferenças entre os cafés mais conhecidos

  • Café Mocha: normalmente são preparados com 1/3 de café expresso, 1/3 de chocolate quente e mais 1/3 de leite aquecido, podendo haver variações.
  • Expresso: preparado em uma máquina, cuja concentração de óleos aromáticos é mais intensa.
  • Espresso Macchiato: café expresso apenas “marcado” com um pouco de leite.
  • Espresso Ristretto: café expresso preparado com metade da quantidade de água, ficando assim, mais denso e forte.
  • Frappuccino: trata-se de uma mistura de iogurte, café e chocolate, servido bem gelado.
  • Blend: mistura de grãos diferentes de café. O blend pode ser elaborado com cafés crus ou torrados.
  • Café aromatizado ou flavorizado: trata-se de café com adição de aroma.
  • Café filtrado: preparado em filtro de papel, mais suave que o expresso, por ter uma extração de óleos aromáticos menor.
  • Café gourmet: de alta qualidade, excelentes e exclusivos. Certificado pela ABIC.
  • Café superior: de boa qualidade, tem um maior valor agregado. Certificado pela ABIC.
  • Cafés especiais: são cafés de alta qualidade que cumpre uma série de requisitos para ser classificado como tal.
  • Café tradicional: aquele que tomamos no dia a dia com qualidade recomendável e custo acessível.

Dicas:

  • Os cafés mais finos apresentam sabor adocicado.
  • O tamanho da xícara influencia no sabor do café.
  • O néctar do café está nos primeiros 30 ml.

vintage-1216720_1920

Você acha que o café só tem cafeína?

A maioria das pessoas ignora quais são as substâncias presentes no café. O café contém uma grande variedade de macro e micronutrientes, é uma da bebida natural, saudável, e uma das mais populares do mundo, valendo a pena considerar a contribuição de seus nutrientes à nossa dieta e bem-estar.

Benefícios do café

Tomar café pode ter ficado ainda mais gostoso, segundo a publicação na revista New England Journal of Medicine, uma das mais importantes publicações científicas do mundo, que fez o maior estudo avaliando a relação entre consumo de café e a saúde humana.

Pesquisas mostram que o consumo de café pode estar inversamente relacionado à mortalidade total (quando ajustado pelos outros fatores de risco). Além disso, os tomadores de café também apresentaram menor mortalidade por causas cardíacas, doenças respiratórias, acidente vascular cerebral, causas externas, diabetes e doenças infecciosas.

Portanto, consumir café diariamente, sem exageros é claro, é um hábito saudável, trazendo vários benefícios para saúde. A possível explicação para esses resultados é que, além de cafeína, o café também contém centenas de compostos únicos e com propriedades antioxidantes que podem conferir benefícios à saúde.

Curiosidades

As primeiras cafeterias

Conhecidas como Kaveh Kanes, as primeiras cafeterias surgiram na cidade de Meca na Arábia Saudita. Cidades como esta eram verdadeiros centros religiosos, onde a população orava e meditava. Como a religião muçulmana proibia o consumo de qualquer tipo de bebida alcoólica, os Kaveh Kanes acabaram por se tornar lugares para se passar o tempo conversando, ouvindo música e saboreando os cafezinhos à tarde. Não demorou para que a bebida conquistasse a Constantinopla, a Síria e demais regiões próximas.

Por seu luxo e acomodações suntuosas, as cafeterias foram ficando cada vez mais famosas no Oriente. E os comerciantes começaram a frequentá-las como espaço para reuniões de negócios ou a lazer.

coffee-66850

Mulheres Cafeicultoras

Em Minas Gerais, um grupo de cafeicultoras se encontram para trocar informações sobre a arte da cafeicultura e também, sobre as virtudes de se viver no campo. Aproveitam também para comemorar as premiações recebidas e se preparar para as próximas safras. Mulheres, nem rudes nem delicadas, que cuidam dos filhos, organizam melhorias para a comunidade e inda cuidam de si mesmas.

Em época de safra se torna terrereira, que com sua delicadeza natural, extrai um sabor muito especial do café. Assim nasceu a IWCA Mantiqueira, uma associação, aonde elas se especializam em extrair os melhores sabores do café, adquirem novos conhecimentos, aprendem línguas estrangeiras, fazem reuniões e encontros para entenderem sobre o meio ambiente e a sustentabilidade. Assim é a IWCA Brasil, composta de mulheres guerreiras, simples, alegres e trabalhadoras, que acreditam na força da união, que não se deixam intimidar por limites nem pelas dificuldades.

“Cuidamos de nossos cafezais como mães que fecundaram sementes, gestamos lindos arbustos e damos à luz lindos grãos de café. ”

Leticia Seda

Fontes:

www.cafépoint.com.br

ABIC e revista cafeicultura

O CAMINHO DE SANTIAGO E O EXERCÍCIO DA PACIÊNCIA

france-2451836

O que é o Caminho de Santiago?

Os Caminhos de Santiago são os percursos percorridos por peregrinos que vão em direção a Santiago de Compostela, desde o século dezenove, para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo sepulcro deve se encontrar na catedral de Santiago de Compostela.

Na Europa Medieval, essa peregrinação foi uma das mais concorridas, só sendo superada pela Via Francigena, que era uma peregrinação com destino a RomaJerusalém.

Por um tempo esquecida, nos anos de 1980 o Caminho de Santiago voltou a ganhar popularidade e cresce ano a ano substancialmente, mesmo sem motivos religiosos. O Caminho de Santiago tornou-se um itinerário espiritual e cultural de primeira ordem, que é percorrido por dezenas ou centenas de milhares de pessoas todos os anos.

Os caminhos percorridos por essa peregrinação são espalhados por toda a Europa. O Caminho de Santiago é geralmente feito a pé, mas também pode ser feito de bicicleta, a cavalo, ou até de burro.

O Caminho de Santiago é associado popularmente há séculos à Via Láctea, por supostamente indicar o caminho para Santiago de Compostela à noite. Via Láctea é um dos nomes dado ao Caminho e um dos nomes populares da galáxia em Espanha e Portugal é Caminho ou Estrada de Santiago.

Se preparando para fazer o Caminho de Santiago

  • Prepare seu corpo

Você deve ter um prepara físico, uma das coisas que você pode fazer é caminhar por uma hora todos os dias durante a preparação para fazer o Caminho de Santiago. Use, de preferência, botas que irá calçar na viagem, assim seus pés já vão se acostumando com o formato do calçado, diminuindo o provável aparecimento de bolhas que podem surgir durante a sua caminhada.

  • Faça um check-up
    Não deixe de fazer exames de rotina com seu médico, principalmente a parte cardíaca.

Caminhar por vários dias, vários quilômetros requerem que sua saúde esteja em dia.

É importante consultar um ortopedista para prováveis dor nas pernas, e não esqueça do dentista. Ninguém merece ter dor de dente no meio da viagem.

  • Se informe

Pesquise sobre tudo da viagem, em vários locais da internet e revistas, converse com pessoas que já fizeram o Caminho de Santiago. Saiba como ele surgiu, suas tradições, personagens, pontos principais do trajeto, pontos de apoio e demais dúvidas e informações.

  • Viva o essencial

Leve o mínimo possível de roupas e itens pessoais em uma mochila. É importante que a mochila seja de material leve, porque senão ela pode pesar demais, até mesmo que as roupas e itens que você precisa.

spain-2451831

Sua mochila não pode ser mais pesada que 10% do seu peso corporal.

Ressaltando que um dos principais ensinamentos do Caminho de Santiago é saber viver com o essencial.

  • Planeje com eficácia os gatos da viagem

Esqueça os gastos com a parte aérea, você pode gastar apenas mil euros para fazer o Caminho de Santiago, por 30 dias, no entanto para você isso precisará dormir em albergues municipais, fazer sua própria comida e deixar gastos não essenciais para trás.
Existem também albergues privados, o Menu do Peregrino nos restaurantes pelo Caminho e os menus do peregrino, assim você pode ficar mais confortável por 1.400 euros.

Divida o total do dinheiro a ser gasto pelo número de dias.

  • Observe seus limites e não os ultrapasse

Todos os dias há uma etapa do Caminho de Santiago que você terá de cumprir. Essas etapas têm em média vinte e dois quilômetros entre o início e o final. Entretanto, se você se sentir muito cansado ou alguma coisa lhe acontecer, pare na próxima cidade e recomece no dia seguinte.

  • Use uma bengala ou cajado

Todo o terreno do Caminho de Santiago é muito acidentado, com muitas subidas e descidas, sendo assim i cajado será muito útil durante o trajeto, ajudando em impulso na subida e auxiliando a segurar a velocidade nas descidas, prevenindo assim forçar muito os joelhos.

  • Esteja de coração aberto para conhecer novas culturas
    Você terá pessoas de todas as partes do mundo ao seu lado, com crenças, cultura e classes sociais diferentes. Todos buscam a rota de Compostela para reflexão a aprendizado. Procure aprender e observar a todos para que aprenda muitas coisas com todos que cruzarem seu caminho.

spain-2456197

  • Por alguns momentos, caminhe sozinho

Aproveite nessas horas para se observar mais, se conhecer. Longe dos ruídos do cotidiano, você pode resgatar antigas lembranças importantes que quase foram apagadas e estavam, até agora, escondidas em seu subconsciente.

  • Segure sua ansiedade
    À medida que você avança nos quilômetros do percurso, a vontade de chegar logo, aumenta. Se você não segurar a ansiedade, a etapa fica mais longa e cansativa. Um dos maiores propósitos do Caminho de Santiago é desenvolver a sua paciência.

 

Se você não se sentiu tentado a fazer do Caminho de Santiago sua meta de viagem para hoje ou o futuro, escolha outra viagem, mas estabeleça um sonho e escreva em algum lugar, isso irá motivar sua vida para o alcance de seu sonho.

Fontes: G1 / Wikipédia

Carros 2018

Carros e motos são a paixão de muita gente. E, em tempo de crise ou não, todo ano vêm as novidades, os novos modelos, cada vez mais potentes, confortáveis e autônomos. Ainda chegará a hora que não mais precisaremos colocar as mãos no volante, mas nesse ponto acho que os carros perderiam a graça.

Quem gosta de dirigir, gosta de passar a marcha, acelerar ao máximo e testar o carro nas estradas e grandes rodovias.

Vamos as novidades do mundo automobilístico desse ano…

Ford Ka

Uma linha de sucesso nas montadoras, o novo modelo do Ford Ka, ao que tudo indica, trará mudanças em relação em seu câmbio, ou seja, ele chegará as lojas com câmbio automático e de dupla embreagem PowerShift.

A Ford mantém as mudanças em segredo, então não há como se afirmar algo sobre a possível reestilização do carro, deixando uma ponta de curiosidade no ar.

Fiat Strada

A nova geração da linda picape Fiat Strada deve ser lançada no fim do 2018. Ela é líder em seu segmento de vendas desde 1998, quando foi o seu lançamento. A montadora pretender adequar toda a geração dentro do gosto dos consumidores que se renovam a cada ano.

A picape esportiva da Fiat Strada parece vir com mudanças baseadas nos gostos, ideias e opiniões dos usuários, sendo assim, fica difícil colocar algum defeito nas mudanças feitas, que foram elaboradas misturando a economia com o conforto, que o estilo de donos desse tipo de carro precisam.

Para os amantes de carros esportivos, serão mudanças irresistíveis as feitas no novo Fiat Strada.

Honda FIT 2018

O queridinho de muita gente, com sua mala mágica, daquelas que se fala que tamanho não é documento, deve chegar ao Brasil com várias mudanças, sendo a mais esperada o motor de três cilindros turbo, movido a gasolina com injeção direta de combustível.

São estas e muitas mudanças incríveis que prometem que o Honda FIT 2018 estará entre os lançamentos mais esperados do ano.

O Honda Fit chegou ao mercado de automóveis nacional em 2003, porém sem muito modernismo. Em 2004, passou por uma reestilização, contemplando o câmbio tipo CVT.

Com certeza, no lançamento 2018, teremos um interior totalmente renovado, otimização de acabamento e uma nova central multimídia de sete polegadas no centro do painel. As rodas vêm com uma cara mais esportiva, com novos desenhos geométricos.

Novidades principais do novo Honda FIT:

  • Direção elétrica;
  • Retrovisores com sistema Tilt Dow;
  • Assistente de partida em rampas;
  • Traseira renovada, com novos frisos e lanternas geométricas;
  • Novo farol em LED.

Itens de Série presentes no Honda FIT 2018

A subida no ranking de vendas o Honda FIT no Brasil é notória, e com a renovação de itens do modelo 2018, a Honda está apostando pesado nos itens de série.

São eles:

  • Direção com assistência elétrica progressiva (EPS)
  • Ar condicionado;
  • Volante com regulagem de altura e profundidade;
  • Vidros e travas elétricas;
  • Cintos de segurança de três pontos em todos os bancos;
  • Freios ABS com EBD;
  • Airbags frontais;
  • Som mp3;
  • Chave tipo canivete com controle de abertura/fechamento das portas;
  • Rodas de aço aro 15″;
  • Bancos traseiros bipartidos com rebatimento.

Quer mais?

De acordo com informações de especialistas em automobilismo, o novo motor de três cilindros pode entregar cerca de cento e vinte e nove cavalos de potência, e como a utilização desse motor no novo Honda FIT 2018 é praticamente certa, o novo Honda FIT 2018, terá um desempenho superior ao seu modelo 2017, podendo chegar até os 9,5km/l na estrada quando abastecido com etanol.

É muita coisa num carro só. Itens perfeitos, acabamento, beleza, potência e ainda economia!

Na cidade, com o uso de gasolina, ele poderá chegar a consumir 11,6km/l e na estrada, 13,6km/l!

Palio 2018

Em sua categoria, o Palio é uma preferência e em 2018 vem transformado. Apesar da mesma plataforma, o carro terá novos motores e componentes, levando o Palio a uma adaptação a novos padrões de consumidores.

Novo estilo que promete, já que a Fiat investiu pesado na linha X6, que vem no lugar de modelos já bem conhecidos. Com o X6 concluído, alguns modelos vão sair de linha, como o Fiat Palio X6H, o Fiat Punto X6H, o Siena e o Grand Sena X6S.

Novidades para 2018, além das não divulgadas pela marca:

  • 4 versões;
  • Câmbio manual e automático –  5 e 6 marchas;
  • Sistema Star&Stop;
  • 3 opções de motorização;
  • 0  de 3 cilindros- Firefly;
  • 3 de 4 cilindros- Firefly;
  • 8 – E-TorQ.


Itens adicionais que aparecerão no novo Palio 2018, deixando-o ainda mais renovado e, sendo considerado, o mais completo entre os carros 2018:

  • Ar-condicionado;
  • Computador de Bordo B;
  • Rádio, entrada USB;
  • Faróis de Neblina;
  • Airbag duplo;
  • Retrovisor com sistema Tilt Down;
  • Travas e Vidros elétricos;
  • Sistema Brake light;
  • Controle de Aceleração;
  • Volante com botões do rádio. Dentre outros itens de série que variam de acordo com as versões.

 

E haja carro novo. São tantas marcas e versões, que cada vez fica mais difícil escolher o seu carro ideal. Escolhemos aqui só alguns dos preferidos e mais famosos, mas há grandes mudanças nas linhas Picape e, outras ainda mais alucinantes nas linhas clássicas, como no Corolla, no Honda City e etc.

Quando se deseja escolher um carro hoje, temos de avaliar bem qual será o seu uso. Para pessoas que estacionam muito nas ruas da cidade, vale lembrar que o ideal são os carros mais compactos e simples. O tamanho para facilitar manobras e estacionamentos e simples pelo perigo de assaltos e preço de seguro.

São muitas as situações adversas na escolha do automóvel ideal, mas se conseguir unir a beleza, a economia e a segurança no seu carro novo, já está mais do que bom.

hippie-780804

Na estrada de terra ou de asfalto, o importante é que o seu carro seja uma extensão de sua casa e de seu estilo, para que seja confortável seu uso, tanto nas cidades como em grandes aventuras e viagens. E não se esqueça do tamanho da mala, quanto mais carona o carro dá, maior tem de ser a sua mala!

Boa escolha e boa viagem! Abra as janelas nas estradas e aproveite a natureza que passa ao seu lado e que muitas vezes nem nos damos conta.

P.S: Desculpem, mas apesar do tema tão moderno, não podia deixar essa foto tão a cara da Nem Rude Nem Delicada de fora! Não é o máximo?

 

 

Brasil em Montanhas

O mês de janeiro chegou ao fim, mas não as férias. Ainda temos mais um pouquinho de tempo. Então vamos falar de destinos diferentes. Já falamos de viagens internacionais, de praias e agora vamos falar de serra, de montanhas e locais famosos para aqueles que querem fugir um pouco das tradições praianas.

Mesmo no verão, a serra é um destino maravilhoso e do qual, você pode voltar bronzeada além da conta, já que por ser um local mais fresco, não damos muita bola para o sol.

Também para as férias de julho, que no Brasil “costuma” ser mais frio, a serra tem locais maravilhosos para se visitar e encontrar uma vegetação brilhante e flores lindíssimas.

Curtir um clima típico de montanha é, sem dúvida, uma viagem inesquecível, principalmente para aqueles que vivem nos grandes centros urbanos ou nas cidades litorâneas. Mudança de ares faz bem a qualquer um.

Separamos cinco destinos imperdíveis pelas montanhas brasileiras. Esperamos que você encontre a ideal para curtir seus últimos dias de férias, ou os próximos primeiros.

  1. São Lourenço (MG)

São Lourenço, no estado de Minas gerais, localizado na Serra da Mantiqueira, é um destino perfeito para quem gosta de natureza e atividades rurais. No inverno, a cidade chega a baixíssimas temperaturas e os termômetros chegam a marcar 0°C.

São Lourenço fica a 384 km de Belo Horizonte, 300km de São Paulo e 266km do Rio de Janeiro.

sao lourenço.png

Não deixe de visitar o Parque das Águas, que é o cartão-postal da cidade. O balneário oferece quadras de esportes, fontes de água mineral, banhos relaxantes e várias outras atrações. E é claro, não podemos esquecer, do famoso passeio de Maria-Fumaça, que sai beirando as margens do Rio verde.

Para quem curte atividades rurais, não deve deixar de visitar a Fazenda da Quinta do Cedro ou o Sítio Lagoa Seca.

Uma outra atividade que não você não pode perder é o passeio de balão. Eles são feitos aos finais de semana, começando cedo, ao nascer do sol e dura cerca de uma hora. O balão chega a quinhentos metros de altura e passeia por toda a cidade. Reserve com antecedência, pois a procura é grande e a realização dos voos depende do clima.

  1. Poços de Caldas (MG)

Poçõs de Caldas possui, para começar, o maior teleférico do Brasil. O passeio de teleférico leva até o topo da Serra de São Domingos e é muito disputado. Lá de cima da montanha, a vista é deslumbrante e você pode conhecer o famoso monumento do Cristo Redentor e o Aquário de Poços de Caldas.

Para os românticos, a cidade oferece atrações como a Fonte dos Amores, a paisagem lindíssima da Pedra Balão, os maravilhosos banhos das Thermas Antônio Carlos e as famosas cachoeiras com quedas de dez metros de altura como o Véu da Noivas.

  1. Teresópolis (RJ)

Não só de praia vive o Rio. É claro, que quando pensamos em Rio de Janeiro, pensamos nas praias e sua famosa orla, mas o Rio tem seu lado serra, que em beleza nada deixa a desejar. Teresópolis é um dos mais belos recantos da região serrana do Rio de Janeiro.

Para os que curtem uma aventura, não podem deixar de conhecer o Parque Nacional da Serra do Órgãos, aonde você encontra piscinas naturais, cachoeiras, trilhas, muita Mata Atlântica e formações rochosas belíssimas e enormes como o Pico Dedo de Deus e a Pedra do Sino.

Não deixe de olhar a vista do Mirante do Soberbo e de se divertir no Parque Maguique. E se você curte fazenda e o contato com a natureza, os hotéis fazenda oferecem comida típica, conforto, e muitas alternativas de lazer para todas as idades.

  1. Serra Gaúcha (RS)

A Famosa Serra Gaúcha, cheia de suas cachoeiras e belezas naturais, oferece uma vasta variedade de programas. Encantamento certo para quem conhece as inúmeras atrações do Rio Grande do Sul.

serra daucha.jpg

Se puder, não perca a oportunidade de revisitar a serra no período do Natal Luz, uma festa belíssima com atividades as mais diversas. Com certeza, um Natal com muito brilho e encanto.

Para o verão, além da natureza e dos encantos da montanha, não deixe aproveitar as cachoeiras do Parque Estadual do Caracol, em Canela, e depois, se encantar e se aventurar nos brinquedos radicais do Alpen Park. Assim que o sol se pôr, estique até Gramado para curtir a noite, bisbilhotando as vitrines das lojas da Avenida Borges de Medeiros e se divertindo na charmosa Rua Coberta.

Não deixe também de conhecer a Igreja do Relógio, fazer um passeio de pedalinho no Lago Negro e patinar no gelo no parque Snowland.

A bolsa, é claro, não esqueça de encher com os famosos e saborosos doces das fábricas de chocolate da região, experiência gastronômica imperdível.

  1. Serra Negra (SP)

Se você deseja descansar e ir as compras, a Serra Negra pode ser o seu destino ideal. Cheia de queijos e vinhos artesanais os mais refinados, sua gastronomia é perfeita, com o refine dos melhores locais do interior de São Paulo. Mas se você acha que a cidade se restringe às lojas e restaurantes, está enganado, a Serra Negra tem um grande leque de atrações, das mais variadas, como o teleférico que o leva ao Mirante do Cristo – inaugurado em 1952 e localizado a 1.080 metros de altura, a Disneylândia dos Robôs, o Museu do Vinho e da Cachaça da Família Silotto, a Fazenda Vale do Ouro Verde e o Sítio Chapadão. Nesses últimos você encontra a tradição italiana na fabricação de bebidas artesanais, com um parreiral de mais de cem anos. O local mantém os traços rústicos do passado, sendo uma visita imperdível.

ghost-town-219615.jpg

E aí, escolheu seu destino serrano?

Esse nosso Brasil enorme, é tão cheio de surpresas que fica difícil escolher qual lugar visitar primeiro, mas chuva ou sol, verão ou inverno, o que não faltam são opções.

Boa viagem!

 

 

 

 

Palavras, letras, gestos, tons…

Vamos pensar em palavraspalavras que nem sempre são ditas, mas que se expressam no rosto, nos gestos, nos olhares…

Pensando em termos mais técnicos, há de se prestar muita atenção ao que se expõe em forma de letras e símbolos, já que por muitas vezes, palavras podem ser retorcidas, distorcidas e contorcidas pelos interlocutores. Quando a conversa é cara a cara, olho no olho, digamos que as controvérsias podem ser menores, mas quando pensamos em e-mails e, principalmente, em mensagens pelas redes sociais, SMS e WhatsApp, temos que redobrar a atenção.

Palavras escritas não tem entonação e mesmo utilizando os recursos digitais, como aspas, negrito, caixa alta e emojis, ainda assim quem a recebe pode interpretar de maneira errada o que você realmente queria dizer.

pexels-photo-239329.jpeg

 

E você já parou para pensar no poder que as palavras têm? Estudos demonstram que ditos e frases repetidos na infância viram verdades no cérebro, que muitas vezes, podem ser limitantes. Crenças como “tempo é dinheiro” ou “dinheiro é sujo” são colocadas em nosso subconsciente e podem vir a atrapalhar seriamente o desenvolvimento profissional e social daquele que por anos escutou, da boca de seus pais, tais ditos.

Mas como escolher as palavras certas?

Bem, pensamos primeiro em idade. Com quem você está conversando, qual o nível intelectual que a pessoa tem?

Não adianta rebuscar as palavras para conversar com uma criança ou com uma pessoa de pouco estudo e cultura, a não ser que a sua única intenção seja provocar estranheza, “respeito” ou descaso. E o engraçado é: isso é o que mais vemos os nossos renomados políticos fazerem; usarem de vocabulário difícil a fim de impressionar os ignorantes, mas isso já não tem mais tanto efeito assim, só não contem para eles, ok?

As palavras devem ser ditas com clareza, com o português correto e simples. Se você pretender convencer alguém, terá que estudar sobre persuasão e programação Neurolinguística.

Se você pretende dar aulas a adolescentes, é melhor se inteirar das novas tendências de gírias e tentar ser mais leve e coloquial.

Se você quer que crianças pequenas lhe deem ouvidos e gostem de suas histórias, é melhor narrá-las com emoção, usando de gestos e vozes a gosto do freguês. Abuse da entonação e, principalmente, das cantigas e momentos de suspense.

pexels-photo-164835.jpeg

Se deseja conversar com a terceira idade, estude e se informe, ou corre o risco de passar vergonha. Com a tecnologia, muita gente esqueceu dos livros, que moram nas cabeceiras dos mais velhos, e você corre um grande risco de parecer repetitivo ou de falar de algo que eles já estão cansados de saber. Essa idade precisa do novo, mas um novo inteligente, que não canse, que não os tente enrolar ou enganar, uma história leve, que os faça rir e lembrar dos momentos bons da vida. Nada de assuntos sérios e pesados demais. Deixe isso para os jornais e programas jornalísticos.

Enfim, agora pense: o que eu quero que ele escute?

Como assim? É isso mesmo. O que você deseja que a pessoa com quem está falando entenda? Você deseja que ela sinta amor ou repulsa? Raiva ou compaixão?

Você pode dizer a mesma história e conseguir que torçam para o mocinho ou para o vilão, basta narrar pelo ângulo desejado.

Seja assertivo

Se você deseja ser assertivo, e mais do que um comportamento, quer que seja sua filosofia de vida, vale a pena estudar a respeito e treinar para tal. A assertividade é uma filosofia de relacionamento humano com soluções ganha-ganha. Ela é o ingrediente secreto e perfeito para os relacionamentos saudáveis, sejam eles pessoais ou profissionais.

O que é assertividade?

Assertividade é um termo que se origina de asserção. Fazer asserções quer dizer afirmar, do latim afirmare, tornar firme, consolidar, confirmar e declarar com firmeza.

Nas relações sociais assertivas, os dois lados ganham, é uma relação interdependente, a comunicação é transparente e as pessoas exprimem suas necessidades, pensamentos e sentimentos de forma honesta e direta, sem violar o mesmo direito dos outros.

Muitos acham que ser assertivo é apenas ter uma comunicação sincera e objetiva, falando sem pensar, “doa a quem doer” ou “custe o que custar”, e isso acaba criando uma resistência nas pessoas, já que há uma baita distorção de comportamento.

A pessoa assertiva tem desenvoltura e flexibilidade para se mover entre comportamentos construtivos, influenciando os processos através da expressão honesta e clara de seus sentimentos, opiniões e necessidades, ora podendo ser influenciado ou influenciando, ouvindo opiniões divergentes, pedindo e oferecendo ajuda.

Então, quando for escolher as suas palavras, lembre-se de ser assertivo e prestar atenção ao seu tom de voz, sua postura corporal, suas expressões faciais… Elas desnudam suas intenções e podem corromper as suas palavras.

Exemplificando

Isso é amor?

Se tal frase foi dita com doçura, pode-se dizer que alguém está observando um casal se abraçando. Já essa mesma frase, em tom de sarcasmo, pode significar: tem certeza que isso é amor?

Viu? Não é compreensível e necessário pensarmos em nossas atitudes e palavras?

Não vou dizer que não há falhas. Sempre haverá quando se tratar de um ser humano, com sentimentos e verdades. No entanto, se por um mínimo esforço, tentarmos escolher as palavras a fim de que o outro escute o que desejamos realmente expressar, o mundo será muito melhor.

Gestos e comportamentos – Rindo um pouquinho do assunto

Se sairmos do campo das palavras ditas e pensarmos em como gestos demonstram frases inteiras, fica ainda mais divertido observar os seres humanos.

converse-2521534.jpg

Por exemplo, porque um adolescente acha que quando bufa, você vai entender “tudo bem”, se na verdade, ele queria dizer “que saco” ou “logo agora?”. Devíamos fazer um dicionário só para traduzir as batidas de portas, os pés pesados pela casa e os olhos de tristeza que eles naturalmente exprimem e acham, que nós, não estamos percebendo.

E aí você fala:

– O que houve? Porque está com vontade de chorar?

E ele responde:

– Eu não. Tô bem.

Para os adultos é tão claro, tão óbvio, e eles realmente acreditam que nós não percebemos. Ai, quem dera! Talvez assim as mães não se preocupariam tanto…

E é assim a vida, palavras soltas, palavras presas e sufocadas, palavras que devem ser ditas, palavras que são melhores esquecidas… Palavras que não devemos esquecer nunca, palavras que devemos dizer repetidamente, antes que seja tarde demais.

Eu faço a minha lista, e você, já fez a sua?

Gratidão, amor, amizade, caridade, compreensão, paz…

 

 

MULHERES DO GRAFITE

Quando tudo começou…

Já há anos que, constantemente, observamos nas paredes e fachadas das cidades, as famosas pichações. Essas, normalmente, eram feitas ilegalmente sem a aprovação da população em geral e dos proprietários dos imóveis, que tinham suas paredes denegridas e rabiscadas. Nesses “desenhos” eram retratados nomes, apelidos, siglas e frases nada agradáveis. Os pichadores disputavam quem conseguiria colocar seu nome ou sigla mais alto nos arranha-céus das cidades. Mas, graças a organização de grupos que visavam profissionalizar essas “pichações”, essa disputa e seus rabiscos deram lugar a uma arte hoje chamada de grafite, aonde os artistas pintam os muros legalmente com desenhos belíssimos. O grafite se tornou uma arte com enorme prestígio em todo o mundo.

beauty-2678478

Mas o que é o grafite e qual a sua origem?

O grafite, variação do italiano graffiti, é, por definição, uma forma de manifestação artística em espaços públicos e surgiu nos subúrbios de Nova Iorque, nos Estados Unidos, associada à cultura do hip hop.

Essa arte de expressão visual, desembarcou no Brasil no final da década de 60, com os grafiteiros Alex Vallauri, Waldemar Zaidler e Carlos Matuck, e, assim como o grafite americano, os artistas brasileiros expressavam, nos murais, a realidade do cotidiano das periferias.

Em razão da predominância de homens no grafite e do destaque que recebem, este segmento da arte é rotulado por ser parte integrante apenas do universo masculino. Porém, com a expansão do movimento feminista e a proclamação da bandeira do empoderamento feminino, as mulheres têm figurado e protagonizado a expressão do grafite ao redor do mundo.

As grafiteiras de respeito no cenário internacional

Em 1970, a artista Sandra Fabara, conhecida por Lady Pink, que representava as mulheres grafiteiras nas ruas de Nova Iorque. Lady Pink nasceu no Equador e foi a primeira mulher a competir com os homens do movimento hip hop, e, por muito tempo, foi a única neste universo. A arte feita por Lady Pink era exibida em galerias desde a sua adolescência e posteriormente, ela teve um importante papel na transformação do grafite em arte plástica.

Lady Pink expôs suas obras em coleções do Metropolitan Museum of Art e do Brooklyn Museum, na cidade de Nova Iorque, EUA, e do Groninger Museum, na Holanda.

street-art-2169576.jpg

Outra mulher reconhecida no cenário do grafite mundial é o de Kathleena Howie, com o nome artístico de Lady K-Fever. Esta iniciou sua carreira Vancouver, Canadá, criando uma instalação para o movimento punk e feminista Riot Grrrl. Lady K-Fever foi a primeira mulher canadense a pintar no Graffiti Hall of Fame de Nova Iorque, EUA. Suas obras foram exibidas em importantes centros de artes do mundo, como o Musem of Modern Art – MOMA, e publicadas nos periódicos norte-americanos New York Times e Daily News. Figuram ainda no cenário internacional outras artistas de destaque, como a americana Swoon, as francesas Miss Van e Kashink, as japonesas Lady Aiko e Sasu, a polonesa Olek, e Hassani, uma das primeiras artistas mulheres do Afeganistão.

As grafiteiras no Brasil

No Brasil, o grafite veio como meio de expressão e divulgação das causas da periferia das cidades, como as vítimas do preconceito, da violência e da desigualdade social. Com a participação efetiva da mulher no grafite, assuntos importantes como a violência doméstica, a opressão masculina, o abuso sexual, a ditadura da beleza e a discriminação de gênero, passaram a integrar a arte do grafite e ser divulgada por ele. As grafiteiras brasileiras expressam, nas suas criações urbanas, a voz daquelas que são oprimidas pela cultura machista.

A pioneira no grafite brasileiro é a paulistana Nina Pandolfo que, no início de sua carreira, pintava telas e, posteriormente, migrou para os murais das ruas de São Paulo. Nina utiliza como base para suas criações, a natureza e a atmosfera do lúdico, remetendo à infância. Seu trabalho em uma temática diversificada que se desmembra entre a crítica social, o feminismo e trabalhos apenas artísticos.

A estética de suas criações atrai a atenção dos grandes colecionadores de arte, sendo assim, naturalmente, Nina é uma das artistas brasileiras com maior notoriedade internacional.

A artista integrou o time brasileiro do The Graffiti Project, formado pela dupla Os Gêmeos e o artista Nunca, que juntos pintaram, a pedido do Lord Glasgow Patrick Boyle, o Castelo de Kelburn na Escócia.

O grafite na militância feminista

Um dos nomes mais reconhecidos no cenário do grafite brasileiro no que se refere à militância feminista, é o da carioca Pamela Castro, de codinome Anarkia Boladona. A artista encontra, nos princípios do feminismo, a inspiração para suas criações. Pamela Castro obteve reconhecimento internacional, sendo considerada em 2017, pelo canal de notícias norte-americano CNN, como a rainha do grafite brasileiro.

PANMELACASTRO-ISSA-9

Anarkia Boladona também figurou, na lista da revista americana Newsweek, como uma das cento e cinquenta mulheres que estão “bombando” no mundo. Pamela Castro utiliza do seu reconhecimento profissional para fomentar ações sociais, como o projeto “Grafiteiras pela Lei Maria da Penha”, criado em 2008, e o programa “#AfroGrafiteira”, criado em 2015.

O empoderamento feminino crescente em todas as áreas da sociedade, não poderia deixar de abranger o grafite, sendo assim, vários novos nomes de grafiteiras brasileiras passaram a ter reconhecimento nacional, como: Simone Sapienza (codinome Siss), Mag Magrela, Mari Pavanelli, Camila Pavanelli (Minhau), Eveline Gomes (Sinhá), Ananda Nahu, Tainá Lima (Criola) e Ana Carolina (Tikka).

CREW  PELO BRASIL A FORA – CONTRA O PRECONCEITO

É impressionante como, mesmo nos dias de hoje, as grafiteiras ainda se deparam com o preconceito nas ruas. Sendo assim, elas têm de se organizar em grupos, para sair às ruas, sendo esses conhecidos como CREW.

Em São Paulo, existe o Crew Noturnas desde 2006. Já no Rio de Janeiro, destacam-se o TPM Crew, criado em 2002, e a Rede NAMI, idealizado pela grafiteira Pamela Castro (Anarkia Boladona), que atua na luta contra a violência doméstica. Em Minas Gerais surgiu, em 2005, o Crew As Minas de Minas e tem, como foco, campanhas de empoderamento feminino. No Nordeste, devido à cultura machista da região, os esforços estão concentrados na luta contra o preconceito de gênero, o que fez surgir, em Salvador, a Crew Toque Feminino, e em Pernambuco a Flores Crew, a 33 Crew e a Queixas Crew.

O grafite é a arte efêmera que democratiza o espaço da arte erudita reservada às elites, transformando o excluído social em protagonista de sua história. É a arte que trata das questões sociais dos desfavorecidos, que oferece a possibilidade de expressão da insatisfação com o poder público e permite retratar as mazelas de uma sociedade desigual. A presença feminina neste meio não tornou o ambiente mais sensível, pelo contrário, tornou este segmento mais engajado socialmente e criou um diálogo da mulher com o mundo, promovendo a igualdade de gênero.

Os drinks ganham ou não da cerveja?

Drinks pelo mundo…

Fica a dúvida no ar, as bebidas destiladas, os drinks elaborados, ganham da famosa cervejinha ou não? O chope ainda está em primeiro lugar na vida noturna das grandes cidades do mundo?

Se dependesse de alguns sim… Tem muita gente por aí que não gosta do amargo do chope e prefere as bebidas, muitas vezes simples, como a caipirinha.

cheers-839865_1920.jpg

Acho que os fabricantes preferem não divulgar, mas que os drinks são os preferidos das mulheres, não há dúvida. Tem bares já decorados visando agradar o público feminino, como o Arlekin Bar, um espaço onde os proprietários pensam em agradar primordialmente as mulheres, colocando, inclusive secador de cabelo nos banheiros. No bar, bem colorido, tem um espelho legal no banheiro, drinks diferentes e um local para colocar as bolsas, tudo pensado para que as mulheres se sintam confortáveis, pelo menos é o que os donos esperam, já que assumem não entenderem muito da cabeça feminina.

Agora, vamos falar de drinks

Existem bebidas que são especialmente clássicas de acordo com o país ou cidade onde são servidas, como por exemplo, cerveja, bebida naturalmente associada a Alemanha. Existe, inclusive, um tratado internacional que protege as bebidas, como tipos de vinho, de cada local, evitando que um país use o nome do outro para vender o seu, protegendo o consumidor de levar gato por lebre.

Vamos combinar que viagens e bons drinks estão, praticamente, propositalmente interligados, como gêmeos siameses… Experimentar bebidas típicas dos lugares onde se visita contribui para aumentar a sua bagagem cultural e são os selos dos momentos especiais das viagens. Muitas vezes, são a chave de ouro do dia, com álcool ou não.

vw-camper-336606.jpg

Na piscina do hotel ou na beira da praia, não há nada melhor do que um drink refrescante. Nos bares mais badalados ou nos restaurantes descolados, sentar e pedir um bom drink garantirão, certamente, bons momentos, boas risadas e até um jantar romântico… Um clichê mais que especial não é o tal pedido de casamento com a aliança dentro do champanhe? Não quem não se renda a esse charme.

Drinks que você não pode passar dessa para melhor sem provar

Pesquisando curiosamente por aí, trouxemos para vocês os dez drinks mais famosos do mundo, são eles:

  • Dry Martini

    Ele está, com certeza, no topo da lista dos drinks mais famosos e quiçá mais glamorosos do mundo. O Dry Martini é considerado o rei dos drinks, sendo um dos mais consumidos também. Para quem viu James Bond no filme Cassino Royale, lembra bem da cena que rendeu tanto sucesso ao drink.

O Dry Martini possui várias versões com cores e sabores diferentes, mas a receita clássica é bem simples:

  1. London Dry Gin
  2. Vermute Seco.

Para torna-lo mais charmoso, sirva com a azeitona espetada no palito de dente.

cocktail-995574

  • Margarita

    Aí está um clássico que não poderia estar fora da lista. A base do drink é a tequila, sendo um drink forte, bonito e amado, principalmente pelas mulheres. Em diversas versões, com cores e sabores diferenciados, se destaca a Margarita Blue.

 Receita clássica:

  1. Tequila
  2. Licor de laranja
  3. Suco de limão
  4. Gelo
  5. Sal (a ser colocado na borda da taça).

margaritas-1544340_1920.jpg

  • Mojito

    Este é um long drink, originário da Cuba, que foi feito a partir de uma mistura cítrica, doce e refrescante ao mesmo tempo. Possui sabor forte derivados da menta. Sendo um drink perfeito para todas as estações do ano.

Receita:

  1. Rum branco
  2. Folhas de hortelã
  3. Água com gás ou Club Soda
  4. Suco de limão
  5. Açúcar.
  •  Cosmopolitan

Famoso pelo mundo devido a série Sex and the City, já que as protagonistas americanas tomavam habitualmente o drink. E também, devido a isso, acabou por ser taxado como um drink Uma bebida saborosa e perfeita para uma festa moderna e de estilo.

Receita:

  1. Vodca (de preferência sabor laranja)
  2. Licor de laranja (Cointreau)
  3. Suco de limão
  4. Suco de cranberry
  5. Gelo
  •  Piña colada

Este é, sem dúvida, um dos drinks mais consumidos e adorados mundialmente, clássico das praias do Caribe, já que é um drink tropical e, ao mesmo tempo, exótico.

pina-colada-837059_1920

De sabor doce, normalmente, não se consegue beber muitas doses. Perfeito para um dia de sol na praia ou piscina.

Receita:

  1. Rum Bacardi ou vodca
  2. Leite de coco
  3. Suco de abacaxi
  4. Leite condensado
  5. Gelo
  •  Sex on the Beach

Um dos drinks mais famosos do mundo, ele é amado pelo seu sabor suave e adocicado. Sua origem é discutida: o pouco que se sabe é que foi amplamente consumido nos Estados Unidos no início da década de 90. Difícil conhecer alguém que nunca ouvir falar ou provou esse drink.

 Receita:

  1. Vodca
  2. Licor de pêssego
  3. Suco de laranja
  4. Suco de cranberry
  5. Gelo
  •  Bloody Mary

Drink divisor de opiniões, já que a quem os ame e outros que, literalmente, o odeiam. Mas indiscutivelmente, é um clássico. Tem um sabor bastante exótico e possui ingredientes nada convencionais, uma grande mistura de sabores.

 Receita:

  1. Vodca
  2. Suco de Limão
  3. Suco de Tomate
  4. Sal
  5. Pitadas de Pimenta
  6. Molho Inglês
  • Cuba Libre

Nascido em Cuba, sua origem causa um grande debate. Muitos dizem que ele nasceu em 1898, na Guerra de Libertação da Ilha de Cuba. Dizem que, na época, o Capitão Russell, norte-americano, pediu uma dose de rum para misturar com seu refrigerante (Coca-Cola), fazendo referência a suas tropas sobre a liberação de Cuba. Com isso, ao brindar, gritou: “Cuba Libre!” e assim surgiu o seu nome e sua fama. Para quem adora refrigerantes, está aí um drink perfeito.

basic-brand-cuba-libre.jpg

Receita:

  1. Rum (Branco)
  2. Coca-Cola
  3. 1 fatia de Limão.
  • Pisco Sour

Pisco Souré disputado, em sua propriedade e origem, entre o Chile e o Peru. É um drink símbolo de dois países, tendo sua origem no final do século XVI. Muito saboroso e leve, com uma mistura de sabores doce e azedo, é muito refrescante e tem baixo teor alcoólico. Tem por base pisco (aguardente de uva popular no Peru).

 Receita:

  1. Pisco (destilado peruano)
  2. Suco de limão
  3. Xarope de açúcar
  4. Clara de ovo
  5. Angostura
  6. Bastante gelo

 

E agora, quem não podia faltar: a nossa amada caipirinha!

  •  Caipirinha

Originária do Brasil, tem sua origem no interior de São Paulo em meados do ano de 1918. Já é parte da cultura brasileira, sendo famosa nos quatro cantos do mundo. É, sem dúvida, uma das palavras mais faladas pelos turistas, tal como, Carnaval, futebol e feijoada.

caipirinha-517253.jpg

A partir dela, surgiu a caipivodka, aonde substitui-se a cachaça por vodca e pode-se usar outras frutas no lugar do limão.

Receita:

  1. Cachaça
  2. Limão
  3. Açúcar
  4. Gelo

 

Agora, te pergunto, mesmo para os não amantes de bebidas alcóolicas, dá uma vontade danada de provar, não acha? Viajar por aí, e provar os sabores do mundo, que mostram muito do que cada cultura vive e o que revela. Sol ou frio, tem para todas as ocasiões.

O importante é curtir, viajar e aproveitar a vida, porque ela passa!!!

 

Mulheres arrasam como bartender

Barman ou Bartender?

Para começar você precisa entender que bartender não é a mesma coisa que barman ou barwoman. E se você for contrata-los para uma festa, é imprescindível que saiba a diferença para que a sua presença não destoe da festa.

O Barman, geralmente, tem no currículo o curso de coqueteleira, estão sempre vestidos de forma clássica (terno e gravata) e sabem fazer excelentes drinks. Eles trabalham em hotéis. Restaurantes, navios e estão atentos a seus clientes para poder recomendar a bebida mais adequada. O barman está sempre se atualizando com novos cursos e tendências, podendo conversar com os clientes de forma natural e envolvente.

restaurant-2618315

O Bartender

É desta profissão que falaremos nesse artigo, o BARTENDER.

Eles são divididos em duas categorias:

  • Atendentes

Que são aqueles mais jovens que trabalham em festas, eventos e nas baladas em gera. Seus drinks não são muito elaborados, o que acaba por se tornar um quê a mais, já que assim, são mais ágeis na hora de servir. É uma excelente opção de profissional para locais cheios e que as bebidas já foram pré-definidas.

  • Bartender Free Style

Esses também são jovens como os atendentes, no entanto, eles preparam drinks mais elaborados e costumam distrair os clientes com truques de mágica, pirofagia e apresentações com tecidos (flag). Se vestem também, diferentemente dos barmans, de forma mais descontraída e informal.

Quem pode ser bartender?

Todos podem. Não existe restrição de gênero ou idade. O importante é que você faça um curso de drinks e tenha habilidades que divirtam o público. O SENAC, inclusive tem o curso especialmente para bartender. O curso é presencial e neste você aprender a preparar e criar coquetéis em um bar pedagógico.

É curioso como as mulheres também invadiram essa profissão e vem ocupando os bares, que antigamente, era lugar para “homens”. Primeiro a mulheres invadiram os bares como clientes, e agora também estão do outro lado do balcão e fazem um tremendo sucesso. E acreditem, que em pleno século XXI, ainda donos de bares se recusam a contratar mulheres para a função de bartender, dizendo que esta função é para homens.

A primeira desculpa seria pela falta de força para carregar, por exemplo, um barril de chope. E será que os bartenders, do sexo masculino, conseguem carregar um barril de chope sozinhos?

gin-2406430

O que torna ainda mais curiosa a participação das mulheres nesses locais, é que quando conseguem uma chance, rapidamente, por sua eficiência tornam-se logo gerente dos bares, como conta Gisele que deu entrevista para o site huffpostbrasil.com. A mentalidade e a imagem de mulher “frágil” e “desprotegida” ainda não conseguiu ser derrubada em nossa sociedade, sendo assim, muitas mulheres talentosas b=vem sendo afastadas de trabalhos noturnos, ainda mais atrás do balcão.

Para as que conseguem quebrar o estigma, mostrando que são capazes de quebrar os preconceitos, tem muito a agregar. E o barato disso, é que o número de mulheres trabalhando na noite, vem aumentando muito a cada dia.

Profissionalizando jovens como bartenders

Existe um projeto chamado Marias do Bar, iniciativa criada pela empresa Bacardi, que visa profissionalizar jovens mulheres de baixa renda da região do ABC Paulista, proporcionando a jovens com 18 anos ou mais, uma profissão de forma rápida, já que o curso dura apenas dois meses. No projeto, elas aprendem a criar drinques e assistem palestras sobre empreendedorismo, finanças pessoais e empoderamento feminino, já que o desejo no projeto, é que essas meninas sejam financeiramente independentes.

É muito importante também que as mulheres que querem trabalhar com bartender, saibam lidar com situações indesejáveis, até mesmo atrás do bar, se posicionando com profissionalismo, sem perder a compostura, já que muitos ainda não respeitam a mulher na vida noturna, ainda mais atrás do balcão.

bar-1238379

As mulheres vêm, inclusive, competindo, cada vez em um número maior, as competições de bartenders pelo mundo. A vodca francesa, Grey Goose, promove um concurso de bartenders no Brasil, o Vive La Revolution, aonde Jéssica Sanchez, bartender do Meza de Bar, do Rio de Janeiro, conquistou o prêmio com o drink “Nouvelle Vague”, que homenageia o movimento cinematográfico francês das décadas de 50 e 60. Completando o pódio, tivemos Matheus Cunha e Gisele Aguiar, ambos de São Paulo. Agora notem: duas mulheres em meio aos três primeiros colocados, não é demais?

Esse mercado incrível, que vem crescendo muito, está se abrindo cada vez a novos públicos. E quem vai perder essa, por causa de preconceito, está vivendo apenas como espectadora. A vida é para ser vivida, e se seu coração é da noite, se não tem problemas em chegar em casa só de manhã, siga em frente e viva a sua paixão. Quem foi que disse que mulher tem que estar em casa de noite e chegar cedo?

Na frente ou atrás do balcão, as mulheres vêm ocupando cada dia mais lugares nos bares e restaurante do mundo afora, dizem as más línguas, que são menos propensas a calotes e vexames.

Bartender…brinde a sua vida e viva sua profissão como deve ser, sem conceitos e preconceitos!

CRUZEIROS – UMA VIAGEM MAIS QUE ESPECIAL

Estamos na semana do Natal e início das férias mais longas do ano, onde as aulas param um pouco, o sol brilha escaldante e viajar é jornada de descanso e relaxamento para corpo e mente. Algumas pessoas preferem o campo, hotéis fazenda, outros preferem praias, resorts e toda a infraestrutura que eles oferecem. Tem ainda os que preferem o estilo mochila nas costas, dormindo em albergues, e os que preferem as pequenas pousadas em locais diferentes com ecoturismo e etc. Tem ainda os amantes das grandes cidades, que aproveitam as férias para conhecer as mais diferentes áreas metropolitanas, suas histórias e suas noites encantadoras.

cruise-1578528

Mas hoje, nosso foco, são as viagens nos famosos e grandiosos cruzeiros que levam pessoas de uma ponta a outra do planeta. Uma viagem, muitas vezes, de luxo e diversão, com grandes aventuras e, como dizem os amantes dos cruzeiros, acontecimentos inesquecíveis.

É engraçado dizer, mas existem sim cruzeiros mais ideais para famílias, com crianças pequenas ou não, para casais e para solteiros, existem até mesmo os especializados num ou outro grupo. Então, escolha bem o que quer que aconteça nas suas férias e pesquise bem antes de escolher em qual navio embarcar…

Agora, algumas dicas, para você não errar na escolha, e como passar pela experiência de uma maneira incrível. O melhor cruzeiro é aquele que vicia, aquele que você não quer que acabe, não é mesmo? Então, mãos à obra!

Enjoo

*Se você acha que tem a possibilidade de enjoar, prefira os navios maiores, pois eles não balançam quase nada, ainda mais se não cruzarem os grandes oceanos, como os cruzeiros que viajam pela costa brasileira. É claro que, se houver uma tempestade em alto mar, pode até balançar, mas com um navio de 15 andares de pura diversão e lazer, tenho certeza que vai passar desapercebido. No entanto, por precaução, leve um comprimido para enjoo na bagagem.

*Outra dica para os enjoos é escolher as cabines do meio para a popa do navio, porque estas balançam menos que as demais.

A escolha da cabine

*Se puder, escolha as cabines com varanda e vista para o mar. É um sonho acordar e tomar o café da manhã olhando para aquela imensidão azul. Você pode marcar a hora do serviço do café da manhã no quarto, com tudo escolhido por você e sem custo algum. Coloque na lista de prioridades para os primeiros dias, aonde ainda quer descansar e não começou a fazer amigos!

*Se valores são importantes, lembre-se que quanto mais alto for o deck, mais cara é a cabine, ok? Então pesquise bem e não saia escolhendo pelo seu número de sorte, ou data de aniversário, ok? Você pode ser pego de surpresa!

water-1555170

Refeições

*Todas as refeições estão incluídas no preço do cruzeiro e os navios possuem inúmeros restaurantes, inclusive alguns pagos, ou seja, não incluídos no valor do pacote. Mas você não precisa gastar dinheiro neles se não for de seu agrado.

*O café da manhã também pode ser tomado no Windjamer Café. Tipo um buffet, que funciona praticamente 24 horas ou no restaurante principal do navio, com serviço a La Carte, sendo que nesse último, têm horário definido e mais curtos e lugares marcados. Já no outro, que tem o serviço de buffet, você tem uma enorme variedade de opções.

*No restaurante principal do navio, normalmente enorme, muitos de até 3 andares, a comida é muito fina com entrada, prato principal e sobremesa, podendo você repetir ou pedir mais de um prato sem problema algum.

*Se não bastasse tudo isso, ainda tem os outros restaurantes, bares e pizzarias, para sua diversão. O perigo é que eles ficam sempre próximos às lojas de grife e os Free shops… Na área da piscina durante todo o dia, há uma máquina de sorvete self-service também gratuita. É bom se controlar, ou volta rolando do navio…

*Sobre as bebidas, lembre-se que estão incluídas no preço: água, chá gelado, limonada e café. Você também pode comprar pacotes que incluem refrigerantes e bebidas alcoólicas.

NÃO ESQUECENDO DE NADA

*Lembre-se que o check-in é feito até três dias antes da partida do navio e pela internet.

*O embarque ao navio, fecha normalmente, uma hora antes da saída, então chegue com bastante antecedência, pois o embarque é bem demorado. Garrafas de água e pequenos lanches enquanto estiver na espera do embarque, são recomendados, assim como bonés e protetores solares.

*Apesar de só liberarem as cabines duas horas antes da partida, você pode ir até o bar ou a piscina, jacuzzis e olhar todas as atrações do navio. Então, leve uma bagagem de mão com suas roupas de banho, já que suas malas só estarão na sua cabine, provavelmente, à noite.

Excursões pelo caminho

*Não vale muito a pena comprar excursões dentro do navio, existe a possiblidade de ao descer em ilhas ou cidades. Negociar com um taxista e fazer um city-tour. Se você está a fim de relaxar, pode aproveitar a hora em que o navio esvazia para curtir, praticamente, um navio particular…

*Lembre-se sempre que tem hora para retornar, e não se aventure por caminhos desconhecidos nas paradas, fique sempre em grupo e atento ao trânsito e hora de retorno.

CONECTADO

*Não se preocupe som internet, trabalho, celular! Você está de férias! Tah… sei que é impossível! Mas fique tranquilo, os grandes cruzeiros têm televisão a cabo e wi-fi, mas este é pago à parte.

Pense em realmente aproveitar esses dias e se desconectar, aproveitar para curtir o luxo e a atenção privilegiada que os tripulantes dão. São muitas atividades internas que nem mesmo sentirá necessidade de sair do navio para fazer nada. Você terá atração suficiente para se manter ocupado por toda a viagem.

Agora as melhores rotas… Aquelas que você não pode deixar de fazer!

  • Patagônia – 6 dias

A temporada na Patagônia vai de setembro a abril. Você vai navegar entre geleiras e com sorte ver as baleias azuis.

ROTA: Puerto Montt/Puerto Aguirre/Quitralco/Castro/Puerto Montt (Chile)

argentina-2579058

  • Republica Dominicana, Virgens e Anntigua – 8 dias

São belíssimas as ilhas e praias de Antilhas. É uma viagem pequena e com custo mais baixo, ela começa e termina em Guadalupe.

ROTA: Guadalupe (Antilhas), La Romana/Ilha Catalina (Rep. Dominicana), Tortola/Antigua (Antilhas), Fort-de-France (Martinica) e Guadalupe (Antilhas).

  • Noruega – 12 dias

A Noruega tem uma costa de pouco mais de dois mil quilômetros, com lindas montanhas a beira do mar e as cidades são magníficas. Ela é também uma das áreas mais bem preservadas do mundo.

ROTA: Kiel (Alemanha)/Hellesylt/Geiranger/Honnigsvag/Tromso/Leknes/Trondheim/Andalsnes/Bergen (Noruega) e Kiel (Alemanha).

  • Transatlântico de Papete para Auckland – 13 dias

É uma ótima opção para quem tem pouco tempo para viajar. Vai do Chile em direção as ilhas mais lindas do mundo.

ROTA: Valparaíso (Chile)/Bora Bora/Rarotonga/Cook Islands/Nuku Alofa/Lautoka/Auckland (Nova Zelândia) e Auckland (Nova Zelândia)

  • Ilhas Gregas, Turquia e Egito – 23 dias

Impossível alguém dizer que não gostaria de fazer uma rota dessas. Começa por Roma, na Itália e percorre o Mar Meditarrâneo até Istambul, na Turquia.

ROTA: Civitavecchia (Roma)/ Corfú (Grécia)/Kotor (Montenegro)/ Dubrovnik/ Veneza (Itália)/ Katakolon/ Santorini/ Nauplia/ Atenas/ Heraklion (Grécia)/ Porto Said/ Alexandria (Egito)/ Rodes (Grécia)/ Kusudasi (Turquia)/ Agia Anna (Mykonos) e Istambul (Turquia).

greek-islands-2485940

  • E não se esqueça do litoral brasileiro em que os cruzeiros fazem várias paradas, de Santos até a américa do Sul ou as rotas menores, que vão se Santos, passando por Búzios, Salvador e Ilha Bela. E não esqueçamos dos trajetos que vão até a ilha grande, aonde você vê uma natureza e um mar sem igual

Sem dúvida, viajar em cruzeiros é uma experiência que todos deveriam experimentar quando possível, mesmo que numa rota pequena no litoral brasileiro. Também temos os cruzeiros temáticos, com shows de cantores e bandas famosas, que vêm encantando e instigando mais e mais pessoas a experimentar essa tão antiga forma de viajar!

Com ondas, e vento no rosto, candelabros no teto, e mesas finamente arrumadas, viajar em cruzeiros é, sem dúvida, uma experiência imperdível.

A febre do coaching

Apesar de, no Brasil, a grande massa da população só ter começado a ouvir falar de coaching há pouco tempo, nos Estados Unidos o coaching, como ferramenta de desenvolvimento pessoal já existe há mais de 20 anos.

O Brasil recebeu uma verdadeira avalanche de informações sobre coaching de uma hora para outra e, de repente, nos parece, que todo mundo é coach.

Que maravilhoso seria se fosse verdade, porque coaches realmente sérios e comprometidos com a ética da profissão, são pessoas que querem um mundo melhor, com pessoas melhores, sendo assim, seria tudo mais gratificante.

É muito fácil alguém se intitular coach, mas não adianta apenas escolher uma escola qualquer e pegar seu diploma. Ser coach é viver e respirar a vontade de ajudar pessoas a serem melhores, e atingirem sucesso em suas vidas, seja profissionalmente ou pessoalmente.

board-784363

Mas, afinal o que é coaching?

Coaching é um processo de desenvolvimento pessoal, baseado em estudos, ferramentas e técnicas da programação neuro-linguística e da neurociência, para que o coachee (cliente), saia de um estado atual não satisfatório para si mesmo, e chegue a um estado desejado, transformando-se em uma versão melhor dele mesmo.

Parece um tanto vago e até mágico, mas não é nada disso. Não é magia, nem invenção. O coaching utiliza da ciência, nos mais diversos campos (psicologia, andragogia, administração, filosofia, sociologia, neurologia, física quântica e teologia), para o processo de desenvolvimento pessoal, fazendo a pessoa sair de sua zona de conforto para obter sucesso em seus objetivos.

O processo de coahing então, caminha pelos campos do conhecimento e utiliza-se de seus estudos como embasamento teórico e prático para a transformação que promete entregar àqueles que contratam o serviço.

Campos utilizados pelo coaching:

Estratégia Empresarial

  • Estratégia Militar
  • Esportes
  • Marketing
    • Autoajuda
    • Transpessoal
    • Zen

Técnicas utilizadas

  • Comunicação Humana
  • Liderança
  • Motivação
  • Comportamentais
  • Programação Neurolinguística

Entendendo os termos utilizados

Coaching = profissão (assim como psicologia, consultoria)

Coaching = processo (do inglês “to coach”)

Coach = profissional (assim como o psicólogo, professor, gerente, consultor)

Coachee = cliente (quem passa pelo processo de coaching)

Patrocinador = contratante (quem paga pelo processo de coaching)

A história

A história do coaching remonta a idade média, quando a palavra servia para descrever os cocheiros, que nada mais eram do que os profissionais que conduziam as carruagens até seus destinos. O conceito mais próximo ao que se tem hoje do coach, surgiu na época de 1830, na universidade de Oxford, que definiam o tutor particular, ou seja, aquele que ajudava o aluno a se preparar para um determinado exame.

sign-733018

Por volta de 1960, principalmente nos Estados Unidos, começou-se a utilizar o modelo de coahing esportivo no mundo dos negócios. Durante os últimos trinta anos ou mais, o processo de coaching modernizou-se e vários estudos e validações comprovaram a sua eficácia.

Algumas organizações então, começaram a aplicar o processo internamente, tanto com os proprietários, como com os executivos, e observou-se que os benefícios eram notórios e inegáveis no campo do aumento de performance, maximizando os resultados das pessoas e das empresas.

Este desenvolvimento por meio do coaching, foi ficando cada vez mais necessário, devido a rapidez das mudanças no mercado global. Sendo assim, os modelos de coaching evoluíram para atender às novas necessidades das empresas e organizações em todo o mundo.

Mesmo a pessoa que não tem conhecimento na área de desenvolvimento humano ou organizacional, nota que o processo de coaching para pequenos empresários, empresas e instituições públicas vem aumentando em sua demanda, já que o sucesso já passa a ser conhecido pelos casos de sucesso divulgados. O desenvolvimento e a alavancagem de resultados acontecem num ritmo extraordinário e por isso, cada vez mais o coaching vai se tornando conhecido e popular.

Mas não apenas as empresas vêm utilizando o processo de coaching, pessoas vem procurando o coaching para seu próprio desenvolvimento, já que o brainstorm é tão magnífico que a pessoa se sente realmente modificada e alavancada intelectualmente e emocionalmente. E aí entram os chamados Life Coaches, que são os coaches dedicados ao desenvolvimento humano a nível emocional.

Um outro fenômeno observado na sociedade, no que diz respeito ao coaching, é que muitas mulheres vêm se destacando nessa área, justamente por procurarem um trabalho que lhes traga satisfação pessoal, o que já mencionamos em artigo anterior.

Esse é o caso da Luciana Carlos, ex-empresária e administradora de empresas, que esse ano, resolveu dedicar e viver exclusivamente de coaching.

IMG_3794

 

Nem rude nem delicada:

– Luciana, gostaríamos de saber mais sobre você e sua experiência profissional.

Luciana:

– Bem, tenho 42 anos, dois filhos, sou formada em Administração de empresas desde 1997, e trabalhei como diretora executiva, sendo sócia de uma indústria de transformação de polietileno por 20 anos.

Nem rude nem delicada:

– O que te levou a sair do seu ramo de atuação e ingressar no mundo do coaching?

Luciana:

– Em 2015, por motivos pessoais, decidi largar a empresa e ficar em casa com os meus filhos, mas não aguentei por muito tempo a monotonia. Meu corpo e minha mente já estavam acostumados à adrenalina de trabalhar fora desde os 17 anos. Então, comecei a trabalhar em home office como transcritora de áudio e redatora freelancer.

Em 2016, meu marido também ficou desempregado e começou a trabalhar como taxista, e então, vi que não podia ficar parada. Nessa época comecei a trabalhar como empreendedora na área de produção e marketing digital de conteúdo, além de possuir, desde 2014, uma loja virtual de produtos para alérgicos alimentares. Eu fazia de tudo que pudesse me gerar alguma renda, como aulas particulares e tomar conta de crianças para amigas que trabalhavam fora.

No início desse ano, mais precisamente em maio, uma amiga me apresentou ao coaching e falou que eu devia fazer o curso, porque me considerava uma coach nata. Foi quando eu comprei o curso e em 10 dias, batia o recorde de formação da escola de coaching. Foi muito gratificante o estudo, porque realmente tudo no coaching é extremamente empolgante e interessante para mim. Descobri nessa profissão, uma maneira de ajudar pessoas e ser bem remunerada por isso, juntando a sobrevivência a paixão por meu trabalho.

Nem rude nem delicada:

– Por que para você o coaching é tão encantador?

Luciana:

– Veja bem, eu sou uma mãe apaixonada, e um dos meus filhos, o caçula, hoje com 8 anos, possui uma alergia alimentar muito grave, que me fez mudar totalmente minha vida e inventar métodos de organização para que o mantivesse vivo em com a saúde estável. Eu estudei muito medicina e nutrição, para entender e dar a melhor qualidade de vida possível para o meu filho.

Fazendo o curso, naturalmente, fui testando as ferramentas e técnicas em mim mesma e no meu marido e filhos, sendo assim, pude sentir na pele a transformação que o processo trazia.

Quando o meu professor me perguntou com que nicho eu iria trabalhar, não tive dúvida: com mãe de alérgico.

Poder ajudar a elas a encurtar o caminho que eu trilhei com tanta dificuldade, faze-las entender que se pode ter uma vida normal e feliz mesmo com a alergia do filho, diminuir a ansiedade e o estresse, isso é gratificante demais para mim.

Eu sempre ajudei as mães nos grupos de Orkut e Facebook, tive até um site e uma loja chamada Planeta Alergia, mas agora eu tenho as ferramentas e técnicas necessárias para realmente ajuda-las e passar por uma real transformação. Sendo assim, além de ensinar tudo que sei e os métodos que desenvolvi como mãe de alérgico a elas, eu posso ajuda-las a desenvolver suas próprias habilidades e andarem sozinhas por esse caminho até a cura da alergia alimentar sem tanto peso e sofrer.

Nem rude nem delicada:

– Você só atende mãe de alérgico?

Luciana:

– Não. Na verdade, sou capacitada para atender os mais diversos públicos e objetivos. A escolha do nicho é para definir sua estratégia de marketing e para que escolha por sua paixão e expertise. Eu, por exemplo, com vasta experiência na área empresarial, poderia facilmente trabalhar com finanças pessoais, ou liderança empresarial e até mesmo, como business coach na área de pequenas e médias empresas.

Mas escolhi as mães, por saber como é difícil viver com plenitude e tranquilidade quando se tem filhos, principalmente com condições especiais, e muito pouco apoio da sociedade em geral. Nos sentimos solitárias no meio de uma multidão.

Nem rude nem delicada:

– Como funciona o processo? Duração, mecânica…

Luciana:

– O processo de coaching normalmente dura entre três e seis meses. As sessões ocorrem via telefone, presencialmente ou online. São encontros de 50 a 90 minutos semanais ou quinzenais, num total de 6 a 12 encontros.

Nem rude nem delicada:

– Luciana, agradeço a sua atenção e desejo sinceramente que alcance todo o sucesso e que ajude muitas mães a, como diz o nome do seu programa, descomplicarem a alergia alimentar.

Luciana:

– De nada, eu que agradeço e espero, sinceramente, que as pessoas deem o devido valor ao processo de coaching, porque é um trabalho muito bonito. Claro que vão existir profissionais bons e ruins, como em qualquer área, mas procurem indicações e com o coach ideal, o ser humano só tem a ganhar e evoluir.

women-1209678

Assim como a Luciana Carlos, coach de mães, existem centenas de mulheres se destacando nessa profissão e fazendo a diferença em suas vidas e nas vidas de outras pessoas.

O desenvolvimento pessoal e a melhora de vida que as pessoas alcançam após passar pelo processo de coaching é surpreendente e me parece o início de uma grande mudança na mentalidade humana.

 

Dados para contato com Luciana Carlos
Página do Facebook – @lucianacarlosrj
Home Page: www.lucianacarlos.co
Instagram: lucianacarlosrj
E-mail: luciana@lucianacarlos.co

Mulheres empreendedoras

No último dia 19 foi comemorado o Dia Global do Empreendedorismo Feminino. Esta data foi criada pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2014, e abrange 153 países, entre eles o Brasil, com o intuito de potencializar as oportunidades das mulheres no mercado de trabalho e nos cargos de chefia de áreas ocupadas atualmente, em sua maioria, por homens, como economia, saúde, política e educação.

capas_blog_empreendedorismo_feminino

Em todo o mundo as mulheres vêm se destacando, mostrando sua força e competência nas mais diversas áreas e setores da economia. Seja no comércio, nas indústrias, na prestação de serviços, nos trabalhos autônomos e até mesmo nos negócios digitas, elas vêm alcançando grande sucesso, notoriedade e se tornam verdadeiros exemplos de grandes mulheres empreendedoras.

Uma pesquisa feita pelo Sebrae em 2013 demonstrou que, no Brasil, existem mais de sete milhões de mulheres a frente de negócios no país. No Mato Grosso do Sul, são mais de 103 mil empreendedoras, sendo a maioria na faixa etária entre 40 e 64 anos.

Em um levantamento global feito pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), aponta que, em 2014, 51,2% dos empreendedores que iniciaram negócios foram mulheres, aumentando ainda mais a autonomia financeira das mulheres. Além disso, sua renda tem obtido maior importância no orçamento familiar, levando, inclusive, ao novo modelo familiar em que os homens ficam em casa, cuidando dos filhos, enquanto as mulheres saem para trabalhar no sustento da casa.

O crescimento do empreendedorismo feminismo funciona como equiparação, finalmente, de direito entre os sexos, já que galgando grandes cargos, elas exigem e reivindicam seu papel no crescimento econômico do país.

Porque empreender?

Diferentemente dos homens, que, na maioria das vezes, são impulsionados pela parte financeira, as mulheres não pesam tanto o lado financeiro e sim, consideram muito importante um negócio que traga satisfação pessoal.

expocosmetica-1314552_1280

Uma outra vontade que impulsiona as mulheres a embarcarem na onda do empreendedorismo feminino, é a enorme vontade de fazer a diferença no mundo, trazer algo novo e positivo para a sociedade.

E não só as pequenas empresas são comandadas pelas mulheres, a grande rede Magazine Luiza, é comandada por uma mulher, Luiza Trajano. Uma representação de sucesso, políticas empresariais inovadoras e crescimento exponencial da empresa. Ela é um dos símbolos brasileiros de empreendedorismo feminino.

Luiza Trajano foi considerada pela Forbes, umas das três mulheres mais poderosas do Brasil. CEO da Magazine Luiza, que é considerada uma das maiores empresas do ramo de eletrônicos da América Latina.  Ela lidera em sua empresa uma equipe de mais de vinte mil funcionários espalhados em mais de dezesseis estados do país.

Untitled-design-31

Em uma palestra dada num evento em São Paulo, ela falou sobre a crise e o empreendedorismo:

“Não adianta reclamar ou se rebelar sobre a crise, você deve aceita-la, unir a equipe e focar em vendas. São três os fatores de sucesso: velocidade, qualidade e rentabilidade. E para se alcançar esses fatores é necessário quebrar seus próprios paradigmas, investir em pessoas, porque sem ela você nunca terá a qualidade que almeja.”

Características naturais que favorecem o empreendedorismo feminino

  • As mulheres são mais detalhistas, intuitivas e sensitivas, sendo melhores na gestão do negócio;
  • As mulheres aliam características femininas como sensibilidade, intuição e cooperação com coragem, determinação e iniciativa, fazendo acontecer de maneira mais fácil para elas do que para eles;
  • No empreendedorismo feminino, as mulheres pesquisam e buscam maiores informações sobre o negócio antes de abrirem, tendo assim melhores e maiores informações que podem leva-las ao sucesso.
  • As mulheres também investem em sua mão de obra, e em si mesmas em capacitação, ou seja, pesquisas mostram que a quantidade de mulheres empreendedoras que concluem os estudos é duas vezes maior do que entre os homens.
  • As mulheres também, são mais atenciosas com seus clientes, sendo assim possuem uma rede maior de clientes fidelizados à sua empresa.
  • No empreendedorismo feminino percebe-se também que as mulheres faltam menos ao trabalho, porque organizam melhor sua rotina, conciliando as atividades pessoais com as profissionais de maneira equilibrada e eficaz, sendo assim, dão mais estabilidade ao negócio, já que seus problemas pessoais não têm tanto impacto sobre o dia a dia da empresa.
  • As mulheres também são mais versáteis, polivalentes, mais adaptáveis a situações adversas e têm maior flexibilidade para administrar conflitos, sendo assim excelentes em cargos de lideranças.

Não queremos aqui fazer nenhuma apologia de que as mulheres são melhores do que os homens no mundo dos negócios, mas que o empreendedorismo feminino traz para o cenário empresarial, algumas características próprias e diferentes, que trazem um impacto positivo no dia a dia dos negócios.

Dificuldades na gestão

Ainda há um bocado de dificuldades para as mulheres empreendedoras, já que elas precisam provar com muito mais afinco que são capazes de desenvolver suas funções do que os homens.

E não se trata apenas da dificuldade de diferença de gênero, na crise precisa-se ter uma excelente capacidade de gestão, de manter saúde financeira da empresa, ter habilidade para administrar ameaças e sabedoria e rapidez para aproveitar as oportunidades.

workplace-615375

O empreendedorismo feminino e a quantidade de mulheres hoje, em posições de liderança nos mais diversos ramos, mostra que, finalmente, a diferença de gênero tem cada vez menos influenciado nas decisões de contratação.

Grupos de network são cada vez maiores, visando, justamente, o apoio e divulgação entre as mulheres, como os grupos no facebook de mães e mulheres empreendedoras, aonde elas de ajudam e promovem seus negócios na rede.

Cada vez mais, você encontra mulheres como protagonistas no mundo televisivo, nas empresas, nas palestras, nos treinamentos, em atividades autônomas, inclusive em trabalhos home office, aonde elas aliam a qualidade de vida ao sucesso profissional.

O empreendedorismo feminino veio para ficar, e com isso, vemos finalmente, o avanço real da igualdade de gênero no mercado de trabalho, uma luta feminina de tantos anos de desgaste e luta.

Se você ainda não sabe como empreender, procure locais como o Sebrae, eles têm uma enorme rede de apoio ao empreendedorismo feminino.

Seja você, empodere-se, assuma sua coragem e força e lute por seus sonhos e sua qualidade de vida!

tattoo-2170094